Como economizar ingresso museus

Como economizar no seu ingresso ao visitar museus

Você adora incluir alguns programas culturais e museus durante as suas viagens de inverno? Temos uma ótima sugestão para você aproveitar e economizar muito! 

Alguns museus deixam que os visitantes decidam o quanto será pago pela visita. É o caso de um dos museus mais visitados do mundo, o The Metropolitan Museum of Art em Nova York. Quando você chega ao museu, encontra a seguinte informação sobre os valores: $25 para adultos, $17 para idosos, $12 para estudantes e de graça para membros e crianças menores de 12 anos.

Crianças Ingressos Museus

Porém, uma coisa que muita gente não percebe é o que está escrito junto aos preços: Suggested admission. Please be as generous as you can. A tradução: “Preço sugerido. Por favor, seja o mais generoso que puder.” Ou seja, estes são preços sugeridos. Você não precisa pagar 25 dólares para entrar no museu. Você paga quanto quiser! Se quiser pagar apenas um dólar, não tem problema.

Ingresso Museus

Eu visitei o The Metropolitan Museum of Art com um amigo. Eu tinha 7 cents no bolso e meu amigo tinha 1 dólar, acabamos pagando $ 0,54 (cinquenta e quatro cents) para entrar no museu. Outro museu muito visitado em Nova York, onde também se paga o quanto quiser, é o Museu Americano de História Natural. É importante destacar que só é possível pagar o quanto quiser se você comprar os ingressos no local. Se for comprar pela internet, você precisará pagar o preço sugerido.

Então, a dica é a seguinte: quando você entrar em algum museu ou outro ponto turístico e visualizar as seguintes frases: suggested price, suggested admission, recommended price, pay what you wish e please be generous, ou você paga o quanto quiser ou a entrada é gratuita.

Como entrar de graça em museus pagos

Como entrar de graça em museus pagos

Muita gente não sabe, mas é possível entrar de graça em museus que são pagos. Nos mais visitados, costuma haver pelo menos um dia da semana, do mês ou até mesmo um horário específico no qual a entrada é gratuita.

Alguns exemplos:

Espanha

– Museo del Prado (Madri): de graça de segunda a sábado das 18h às 20h. Já nos domingos e feriados a entrada é gratuita das 17h às 19h.

– Reina Sofia (Madri): a entrada é gratuita toda segunda, quinta, sexta e sábado das 19h às 21h e, no domingo, das 13h30 às 19h.

– Em Barcelona, na maioria dos museus você não paga nada nos domingos a partir das 3 horas da tarde. Já no primeiro domingo de cada mês, os ingressos são gratuitos durante o dia inteiro.

Estados Unidos

– Museu de Arte Moderna – MOMA (Nova York): grátis às sextas das 16h às 20h.

– Guggenheim (Nova York): pague  quanto quiser aos sábados das 17h45 às 19h45.

– Whitney Museum (Nova York): pague quanto quiser às sextas das 19h às 21h30.

– Institute of Contemporary Art (Boston): grátis às quintas das 17h às 21h.

– De Young (São Francisco): grátis na primeira terça-feira do mês.

Finlândia

– Museu Nacional da Finlândia (Helsinque): grátis toda sexta das 16h às 18h.

França

– Museu do Louvre (Paris): grátis no primeiro domingo do mês (de outubro a março). Nas sextas das 18h às 21h45 a entrada é gratuita para menores de 26 anos (é preciso apresentar identidade/passaporte). A entrada é gratuita para todos os visitantes no dia 14 de julho (Dia da Bastilha).

Alguns museus com entrada gratuita no primeiro domingo do mês na França:

– Musée d’Orsay

– Palácio de Versailles (de outubro até março)

– Musée L’orangerie

– Centre Pompidou

– Musée Picasso

– Musée Rodi

– Cité de l’Architecture et du Patrimoine

– Musée de Fontainebleau

Itália e Vaticano

– Galleria Dell’Accademia (Florença): grátis no primeiro domingo do mês.

– Coliseu, ruínas do Fórum Romano e do Monte Palatino (Roma): grátis no primeiro domingo do mês.

– Museus do Vaticano: grátis no último domingo de cada mês e no dia mundial do turismo (27 de setembro).

Noruega

– National Gallery (Oslo): grátis às quintas.

Portugal

– Museu do Azulejo (Lisboa): gratuito nos primeiros domingos de cada mês.

– Museu da Marinha (Lisboa): gratuito nos primeiros domingos de cada mês.

Rússia

– Museu Hermitage (São Petersburgo): grátis na primeira quinta-feira do mês.

Esses foram apenas alguns exemplos. Antes de viajar, procure se informar a respeito de entradas gratuitas para museus e outros pontos turísticos.

Tadeu Salgado é um dos autores do livro “Como (sobre)viver no exterior

Deixe o seu comentário, dúvida ou sugestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

voltar ao topo