Milford Sound Ilha Sul Nova Zelândia

Milford Sound: uma viagem ao fiorde mais visitado da Nova Zelândia

Conhecer um fiorde sempre foi um sonho. Quando ouvi falar do Milford Sound, na Nova Zelândia, pesquisei e fiquei impressionado com sua beleza. Não é à toa que foi considerado a 8ª maravilha do mundo pelo escritor inglês Rudyard Kipling! Por isso, chegando em Queenstown, a primeira coisa que fiz foi procurar passeios para o Milford Sound.

Várias empresas oferecem o tour, que dura o dia inteiro. Para este passeio, contratei a empresa Milford Sound Select, com preço muito barato. Paguei 130 dólares neozelandeses, no passeio estava incluso o ônibus saindo de Queenstown e o cruzeiro pelo fiorde. No dia 26 de agosto (sábado), cheguei às 6h40 no local marcado para pegar o ônibus. Estava muito empolgado, pois em poucos minutos começaria uma viagem que é considerada uma das mais bonitas do mundo.  Após alguns minutos de espera, chegou um funcionário da empresa Milford Sound Select dizendo que o passeio não aconteceria já que a estrada estava interditada por causa de uma avalanche. Tivemos que adiar o passeio para o próximo dia!

No domingo, enquanto aguardava o ônibus, estava muito preocupado se a excursão iria realmente acontecer.  Quando o ônibus chegou, foi um alívio! Para fazer esse passeio é recomendado levar uma mochila com água e comida, pois a parada para o lanche em Te Anau demora. E é claro: não esquecer da máquina fotográfica! O ônibus partiu de Queenstown às 7h15. O motorista foi também o nosso guia, ele comentava sobre as características e histórias de cada lugar no qual passávamos! 

A viagem até o Milford Sound é um espetáculo à parte. No início, passamos pela cadeia de montanhas Remarkables, que é um dos principais destinos para quem gosta de esquiar, e percorremos o Lago Wakatipu, o mais longo da Nova Zelândia. 

Viagem a Milford Sound

Em Te Anau, a cidade em que paramos 30 minutos para lanchar, vimos muitas ovelhas nas áreas rurais. Uma curiosidade: a Nova Zelândia tem muito mais ovelhas do que pessoas. São cerca de 7 ovelhas para cada pessoa! Quando chegamos em Te Anau, a neblina estava muito forte. Não dava para enxergar quase nada. Quando saímos de lá em direção ao Parque Nacional Fiordland, onde está localizado o fiorde Milford Sound, a neblina foi diminuindo e a paisagem foi ficando mais linda do que já era.

O motorista parava em alguns lugares para o pessoal tirar foto. O primeiro lugar que descemos do ônibus para fotografar foi o espetacular Eglinton Valley. Suas montanhas nevadas com a neblina transformam a paisagem num lugar mágico. Alguns minutos depois paramos no Mirros Lakes, um lago que tem o reflexo das Montanhas Earl.

Eglinton Valley Nova Zelândia

Depois fomos subindo até chegar ao famoso túnel Hommer, o segundo mais longo da Nova Zelândia. A vista que se tem na saída do túnel é de tirar o fôlego. Todo mundo que estava no ônibus ficou espantado com a beleza do Cleddau Valley. Imensas montanhas cobertas de gelo e incontáveis cachoeiras que se formaram com a chuva. Antes de chegar ao Milford Sound, paramos em um lugar chamado The Chasm. Lá caminhamos um pouco pela floresta, observamos alguns kias (espécie de ave) e vimos uma cachoeira e pedras em formato de crateras esculpidas pela força da água.

Depois de ter viajado pela estrada mais pitoresca da Nova Zelândia, onde vimos belos lagos, rios, cachoeiras, montanhas nevadas, abismos, florestas, chegamos ao famoso Milford Sound, o fiorde mais acessível e visitado do país. Como ele pertence à gigantesca reserva Te Wahipounamu, é reconhecido pela Unesco como patrimônio mundial da humanidade. Entramos em um barco confortável e iniciamos o cruzeiro, que tem duração de 1h45min. Pegamos chuva durante todo o passeio de barco, mas isso não atrapalhou. Pelo contrário, deixou a paisagem mais bonita porque as águas da chuva aumentaram o volume de água das cachoeiras e formaram outras cachoeiras nas imensas montanhas. É uma vista espetacular. O barco faz o percurso até o Mar da Tasmânia e depois volta. Durante o passeio, é possível ver focas, golfinhos e pinguins.

Milford Sound Nova Zelândia

Como Fiordland é de uma beleza surpreendente, alguns filmes já foram gravados lá. Recentemente, Tom Cruise gravou algumas cenas da sequência do filme 'Missão Impossível' em Milford Sound. Outras produções cinematográficas que usaram o Fiordland como locação são: Senhor dos Anéis (trilogia), Hobbit (trilogia), Willow (1988), Jurassic Park: o mundo perdido (1997), X-Men Origins: Wolverine (2009), e Alien: Covenant (2007).

Se você for à Nova Zelândia, não deixe de visitar o Milford Sound, é um passeio que vale muito a pena! 

Tadeu Salgado é um dos autores do livroComo (sobre)viver no exterior

Deixe o seu comentário, dúvida ou sugestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

voltar ao topo