Bento Gonçalves Vinícolas Maria Fumaça

Os melhores roteiros turísticos de Bento Gonçalves: Vinícolas e Maria Fumaça

Procurando uma opção de destino brasileiro para visitar neste inverno? Bento Gonçalves pode ser o que você estava buscando! A capital brasileira do vinho, uma das cidades mais visitadas da Serra Gaúcha, tem um clima maravilhoso para seus passeios durante a estação mais fria do ano.

No inverno, Bento Gonçalves tem temperaturas que variam de frio intenso a ameno e normalmente há muitos turistas na cidade durante este período do ano, especialmente aqueles apaixonados pelas baixas temperaturas e vinho, muito vinho! Neste post vamos falar sobre dois roteiros de passeios que não podem faltar no itinerário do turista que visita este destino especial: a visitação às vinícolas e o passeio de Maria Fumaça. Além destes, a gastronomia também é um ponto forte da região, com direito a muita polenta e jantares harmonizados no melhor estilo italiano.

Enoturismo em Bento Gonçalves

Enoturismo em Bento Gonçalves

Já não é novidade que os melhores produtores de vinho brasileiros estão localizados no Rio Grande do Sul, responsáveis por 80% da produção do país. O plantio dos vinhedos no estado teve início em 1870, quando famílias italianas se instalaram no local. Na Serra Gaúcha, a região é popularmente conhecida como Vale dos Vinhedos e está localizada em um vale a aproximadamente 130 km de Porto Alegre, com muitas vinícolas, hotéis, pousadas, restaurantes e ótima estrutura para o turismo.

Na capital nacional do vinho, conhecer as vinícolas que se espalham pela cidade e seus arredores é programa obrigatório. Bento Gonçalves tem a Rota Cantinas do Sul, onde é possível conhecer o processo de elaboração de vinhos, sua história, tradição, assim como adquirir produtos diretamente no local de sua fabricação. Em muitas casas, há visitas guiadas por enólogos que começam nos parreirais, passando por corredores cheios de tanques de fermentação e terminam com as famosas degustações.

As vinícolas de Bento Gonçalves estão localizadas em uma área recortada por estradinhas, emolduradas por colinas e muitos parreiras. Vamos falar um pouco sobre as vinícolas mais populares, mas não deixe de pesquisar por outras possibilidades, já que existem muitas opções de vinícolas super charmosas e vinhos deliciosos que você não vai encontrar nos roteiros mais populares.  

Salton 

Vinícola Salton

Com mais de 100 anos de história, é uma das principais vinícolas brasileiras. Como não poderia deixar de ser, foi fundada por imigrantes italianos que sempre tiveram uma grande preocupação no investimento em pesquisas e matéria-prima, com destaque para a produção de espumantes de alta qualidade. A sede da empresa tem um terreno vasto e lindo e um acesso facilitado para os turistas. O local, além dos passeios tradicionais, também oferece cursos de degustação com harmonização. 

Casa Valduga

Casa Valduga Bento Gonçalves

Fundada em 1973, a Casa Valduga associa investimento em tecnologia a avançadas técnicas agrícolas e equipamentos. Além de vinhos e espumantes de alta qualidade, produz sucos, geléias, grappas, vinagres e licores. O seu complexo turístico também envolve pousadas aconchegantes, ponto positivo para os turistas que pretendem aproveitar tudo o que este passeio oferece. 

Miolo 

Vinícola Miolo

Com 450 hectares plantados no vale dos vinhedos e um belo projeto arquitetônico, a Vinícola Miolo possui uma unidade de processamento moderna e tecnológica, além de uma excelente estrutura para receber seus visitantes. Dentre as marcas pertencentes ao grupo estão Terranova, Almadén e Bueno Wines. A Vinícola oferece passeios diários às caves, vinhedos, assim como mini cursos de desgustação ministrado por enólogos.  

Passeando de Maria Fumaça

Maria Fumaça Bento Gonçalves

Maria Fumaça ou trem do vinho, como também é conhecido, leva turistas de Bento Gonçalves a Carlos Barbosa é uma das grandes atrações turísticas da serra. São 23 quilômetros de percurso e 1h30min de duração de passeio em um trem a vapor que envolve belas paisagens, muita história e apresentações artísticas. 

A divertida viagem surpreende já no embarque com uma degustação de queijos e bebidas. Ao longo do trajeto, os vagões são animados por grupos que capricham no repertório de músicas italianas e gaúchas, como o coral típico italiano, uma dupla que toca a tarantela e gaúchos. Chegando ao destino, não faltam espumantes e suco de uva para os turistas! 

Gostou da sugestão de passeio? Não deixe de fazer a reserva com antecedência, já que ele costuma ser muito procurado pelos turistas que visitam a serra nesta época do ano. Outra dica super interessante é chegar mais cedo para aproveitar as fotos à moda italiana antiga! Vale lembrar que o passeio de trem também inclui o ingresso para visitar a Epopéia Italiana, um local que conta um pouco da história da imigração italiana ao Brasil através de filmes, réplicas e ambientes. 

Quer saber mais? Nós fomos a Bento Gonçalves e contamos tudo para você neste vídeo: 

A Serra Gaúcha é sempre uma excelente pedida para as férias de inverno, especialmente para programas românticos. Mas, não esqueça que os termômetros podem indicar até mesmo temperaturas negativas durante o período. Clique aqui e vá preparado(a) com os melhores produtos para curtir todos os momentos desta viagem super confortável e aquecido(a)! 

Deixe o seu comentário, dúvida ou sugestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

voltar ao topo