Amsterdã Inverno

Amsterdã no inverno: sugestões de passeios e o que usar

Amsterdã é única e especial! A capital da Holanda reserva uma quantidade praticamente infinita de passeios e atrações incríveis aos seus visitantes. Além dos canais, em Amsterdam você encontrará um cenário cultural riquíssimo e muita história! Visitá-la durante os meses frios é garantia de encontrar cenários ainda mais encantadores, ruas mais vazias e voos e hospedagens mais baratos, afinal o inverno é considerado o período de baixa estação da cidade.

Clima e temperatura de Amsterdã no inverno 

Embora as temperaturas sejam baixas em Amsterdã, se compararmos a cidade com outras capitais europeias, logo se compreende que não estamos falando de uma das cidades mais frias do continente. Durante o inverno, a temperatura média na cidade varia entre 1°C a 7°C, o que não significa que em alguns momentos elas não possam estar muito mais baixas ou até um pouco mais altas! 

A previsão do tempo pode enganar com facilidade em Amsterdã, as mudanças repentinas de clima e temperatura são comuns na cidade. A neve acontece de forma esporádica e é considerada um evento especial que não acontece todos os anos. Além disso, geralmente o acúmulo não é alto pois a quantidade de neve costuma ser baixa e logo derrete. 

Vale lembrar que os dias são mais curtos neste período do ano, no auge do inverno costuma amanhecer por volta das 9h e escure logo depois das 16h. 

Turismo em Amsterdã

Amsterdã Passeios

Além de curtir a arquitetura peculiar de Amsterdã, seus canais e seus restaurantes localizados na beira do rio, existem algumas atrações imperdíveis na cidade. Para começar, não deixe de conhecer o Museu Van Gogh, que tem o maior acervo de obras primas do pintor, e o Rijksmuseum, um museu que possui uma incrível coleção de pinturas da idade de ouro neerlandesa e um acervo da arte asiática.

A Casa de Anne Frank é outra atração que os turistas adoram. O local se tornou um museu biográfico em memória de Anne Frank e sua família, que viveram escondidas nessa casa durante a ocupação nazista nos Países Baixos na Segunda Guerra Mundial. 

O Vondelpark é o maior parque da cidade, possui uma grande área verde e recebe mais de 10 milhões de visitantes por ano. No local é possível praticar esportes, relaxar, apreciar esculturas e se encantar com a vista do parque em algum dos seus cafés com terraços. Em alguns momentos do ano são transmitidos filmes ao ar livre no local.

O Red Light District, onde as prostitutas exibem-se nas vitrines, apesar de polêmico, é uma atração única de Amsterdam e vale uma visita. Já o letreiro “I Amsterdam” é um dos pontos turísticos mais fotografados da cidade. O difícil é conseguir uma foto sem ninguém sentado nas letras, certamente no inverno esta tarefa será muito mais fácil!

Curte música? Esta dica é para você! O Hard Rock Cafe Amsterdam é um restaurante e um museu da cultura pop. Nas paredes têm recordações de grandes artistas como Jimi Hendrix, Elvis Presley e os Rolling Stones. 

Entre novembro a janeiro a cidade se torna um verdadeiro espetáculo com o Amsterdam Light Festival, quando as luzes adornam os canais da cidade e algumas das suas ruas. A melhor maneira de curtir as paisagens da cidade iluminadas é através do passeio Amsterdam Light Festival Boat Tour. 

Em alguns momentos do inverno, geralmente quando os termômetros registram menos de 4°C, os canais da cidade ficam congelados. Nestas ocasiões é possível patinar no local, certamente um dos rinques de patinação mais incríveis de toda a Europa. Caso os canais não congelem durante o período da sua viagem, há outras opções em Amsterdã para a prática do esporte.

Os mercados de Natal de Amsterdã também são incríveis e atraem muitos turistas. A cidade tem várias feiras diferentes, umas mais tradicionais e outras mais modernas, todas elas com muitas opções gastronômicas deliciosas. Caso sua viagem aconteça no final do ano, não deixe de visitar o Wintermarket, na rua Damrak!

O que usar em Amsterdã no inverno 

Amsterdã o que usar

Ao planejar uma viagem no período de inverno para Amsterdã, no qual os dias são mais curtos e as temperaturas muito baixas, as pessoas tendem a acreditar que a organização da viagem pode ficar um pouco complicada, imaginando malas pesadas e a dificuldade de visitar muitos dos lugares incríveis que esta viagem promete. Porém, isso pode ser muito mais fácil e descomplicado do que você imagina! 

O método mais eficaz para manter o seu conforto e aquecimento em qualquer destino é chamado de cebola ou camadas, no qual você planeja o que irá vestir em camadas, normalmente são três. Confira abaixo qual produto escolher para compor cada uma delas:  

Primeira camada: esta camada tem a função de manter o conforto, a temperatura corporal e garantir a livre transpiração do corpo. As roupas segunda pele mantêm o aquecimento corporal para que você fique confortável e não sue durante o passeio;

Segunda camada: esta camada é essencial para garantir a proteção térmica do corpo. Os produtos mais recomendados para esta camada são as blusas e casacos em fleece, pois são leves, macios e térmicos. Quando escolher o seu, lembre-se de levar em conta também a estética do produto, pois será o que mais vai aparecer quando você estiver em ambientes fechados e sem a necessidade de continuar com a última camada. Caso queira algum visual mais sofisticado, opte por suéteres;

Terceira camada: esta é a camada mais robusta, pois além de aquecer, deve ser capaz de resistir à chuva, neve e vento. A última camada sempre é composta por um casaco que pode variar dependendo da ocasião, do clima e temperatura do local. Vale lembrar que para dias chuvosos e com neve, é necessário que este casaco seja impermeável;

Acessórios: 

Gorros ou Balaclavas: também já está na hora de tirar os acessórios mais pesados do armário. Proteger a cabeça é essencial e evita os resfriados; 

Meias Térmicas: nada de deixar os pés congelando! As meias completam o aquecimento desta parte do corpo, geralmente um dos grandes problemas de quem sofre para manter o corpo aquecido no inverno; 

Luvas: assim como os pés, manter as mãos aquecidas durante o inverno é tarefa quase impossível para algumas pessoas, especialmente quando estamos falando do frio europeu. Por isso, não deixe de investir neste acessório; 

Cachecol: Os cachecóis para os dias de frio intenso devem ser um pouco mais robustos. Cachecóis em fleece térmico são uma ótima opção para estes momentos.

E, o último item, mas não menos importante: os calçados! O calçado ideal para a sua viagem deve proteger o seu pé da umidade, garantir um caminhar seguro e, claro, aquecer muito. Invista em modelos com forração em lã ou outros materiais térmicos, a  sola deve ser desenvolvida em borracha antiderrepante e com agarradeiras para evitar acidentes. Em dias com neve ou chuva, o produto também deve ser impermeável ou ter algum tipo de tratamento impermeabilizante para evitar que a umidade seja absorvida pelo calçado e deixe os pés molhados, o que certamente poderia prejudicar muito a manutenção do aquecimento.

Com nossas dicas, você não precisará levar uma mala lotada de coisas e, ao mesmo tempo, terá a certeza de que não irá passar frio! Gostaria de mais algumas sugestões para organizar sua viagem a este destino? Entre em contato conosco através dos comentários deste post!  

Somos o blog da Fiero! Aqui reunimos conteúdos de alta qualidade sobre o inverno, viagens, o que usar, dicas especiais e muito mais. Todos os conteúdos são produzidos por especialistas do frio e amantes da estação mais gelada do ano. Acesse nossa loja virtual e encontre roupas, acessórios e calçados para o frio, inverno e neve: www.fieroshop.com.br .

Deixe o seu comentário, dúvida ou sugestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

voltar ao topo