One World Trade Center

One World Trade Center: muita história e cenários incríveis em NYC

Você certamente já ouviu falar sobre o World Trade Center, certo? Infelizmente, o local foi palco de uma tragédia no dia 11 de setembro de 2001. Após anos, o local foi reprojetado e reestruturado e, atualmente, o complexo conta com seis torres, o Memorial, o Museu do 11 de Setembro e a Estação Ferroviária PATH, nada mais nada menos que a mais cara do mundo. O foco deste post é a visita ao One World Trade Center, contudo não podemos deixar de falar sobre tudo o que está incluso neste passeio incrível!

COMO CHEGAR

One World Trade Center como chegar

Certamente você não terá nenhuma dificuldade de chegar nesse local já que a Estação The Oculus, também chamada de World Trade Center Transportation Hub ou PATH, possui várias linhas de metrô que a interligam. Ou seja, partindo de qualquer ponto da cidade, você conseguirá chegar até o local. Na parte interna da PATH, você encontra diversas lojas e restaurantes além de um lindo salão perfeito para fotos inesquecíveis.
 
One World Trade Center Visitando

Por falar na PATH, ela foi considerada a estação de metrô mais cara já construída. Projetada pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava (o mesmo que projetou o Museu do Amanhã), estima-se que a obra tenha custado cerca de U$$ 3,85 bilhões. Seu desenho simboliza uma ave abrindo as asas para levantar voo que, na minha releitura, demonstra o renascer de um lugar castigado por uma catástrofe.

MEMORIAL DO 11 DE SETEMBRO

Memorial One World Trade Center

Ao sair de dentro dessa estação que por si só já vale o passeio, você se depara com o Memorial do 11 de setembro. Nesse local, ficam as fundações das duas Torres Gêmeas que foram atacadas. As bases dos prédios se transformaram em uma espécie de cascatas quadradas cercadas pelos nomes de todas as vítimas que ali faleceram. A cascata de água simboliza o choro eterno das famílias que perderam alguém.

Estar nesse local traz um misto de sentimentos. Ao mesmo tempo em que se imagina tudo o que aconteceu naquele dia sombrio, admira-se a força da superação, patriotismo e respeito dos norte-americanos por cada uma das vítimas. Se tiver um tempinho, não deixe de refletir um pouco sobre este lugar especial! 

Enquanto visitávamos essa área, a temperatura girava em torno de -4°C e só não congelamos porque usávamos os gorros, balaclava, luvas, casacos e botas da Fiero, que nos ajudaram a suportar a temperatura extremamente baixa de Nova York.

One World Trade Center Fiero

MUSEU DO 11 DE SETEMBRO

One World Trade Center Museu

No mesmo local, você pode fazer uma visita ao Museu do 11 de setembro. No espaço estão expostas diversas partes de estruturas das duas torres, fotos de espectadores do atentado, homenagens às quase 3000 vítimas e muito mais. Infelizmente, não tínhamos tempo para incluir o museu no passeio já que estávamos planejando assistir o pôr do Sol no One World Trade Center.

ONE WORLD TRADE CENTER

Tínhamos pouco tempo para chegar ao topo do prédio mais alto de todo o Ocidente,  já eram 15h30 e o sol se "esconderia" às 16h49 naquele dia. Assim, depois de visitarmos tudo o que citamos acima, fomos direto para as bilheterias do One World Trade Center. Achávamos que não teriam filas, mas os ingressos estavam bem disputados. Um pouco mais tarde descobrimos que este é o horário que mais atrai visitante no local, justamente por causa do pôr do sol.

Compramos os ingressos por $38,00. No site oficial da atração você encontra o ticket por $34,00 já que se trata de uma compra antecipada. Por outro lado, comprar na hora da visita pode ser a melhor opção, pois antes mesmo de chegar até lá você confere se é um dia com boa visibilidade e se o tempo está bom. De nada adianta você visitar um mirante em um dia com muita neblina, não é?
 
Ticket One World Trade Center

Depois de adquirirmos os nossos tickets, passamos por uma rigorosa inspeção de segurança e tivemos que tirar todos os nossos casacos e até as botas. Passamos por três atrações denominadas de Central Global de Boas Vindas, Voices e Foundations. Depois disso, chegamos ao tão esperado elevador!

Logo que as portas se fecharam, bateu aquela ansiedade para que começasse. Enquanto ele subia, um vídeo ilustrava a história da construção daquela torre. Em um certo momento, cheguei a sentir uma pressão no ouvido, tamanha era a altura e rapidez do elevador e, após 47 segundos, estávamos no 102° andar do One World Trade Center.
 
One World Trade Center Observatório

Ao desembarcar do elevador fomos encaminhados para a atração See Forever, um vídeo que fala sobre a cidade. Após o seu encerramento, o painel se abre e é possível ter a primeira vista do horizonte ali de cima. Após descermos um lance de escadas rolantes, chegamos ao One World Observatory!

O local oferece a melhor vista de Nova York, sem dúvidas. Deste ponto conseguimos ver a Brooklyn Bridge, a Manhattan Bridge, a Times Square, o Empire State Building, uma parte de New Jersey, Wall Street, a Estátua da Liberdade, o Rio Hudson, o Rio East e muitas outros pontos turísticos que não lembrarei agora. Para fechar o nosso passeio, tivemos um pôr do sol inesquecível e uma vista noturna da Big Apple. Simplesmente indescritível! 

Vista One World Trade Center

Muito legal, né?! Conhecemos todos esses lugares, gastamos pouco tempo e dinheiro! Certamente um passeio que não pode faltar durante sua estadia na Big Apple. 

Deixe o seu comentário, dúvida ou sugestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

voltar ao topo