Dicas para fotografar no inverno

15 de maio de 2017 - Por Portal de Inverno

Se existe um item que não pode faltar na bagagem dos apaixonados pelo inverno, são câmeras fotográficas ou celulares para garantir que os melhores momentos da viagem sejam registrados, não é mesmo?

Mas, tirar fotos em um ambientes frios, com o fundo branquinho de neve, exige algumas técnicas. Afinal, o inverno é um ótimo período para você expandir o seu portfólio de fotografias, porém costuma apresentar alguns desafios inclusive para os melhores fotógrafos. Neste post, reunimos algumas dicas para melhorar o resultado das imagens registradas durante suas viagens de inverno! 

Prepare-se para o frio 

Fotografia Inverno Luvas

O cuidado com seu corpo é muito importante, especialmente com as mãos. Que tal uma luva touch screen para facilitar a vida de quem fotografa com o celular? É uma ótima ideia! Se sua mão ficar exposta ao frio durante muito tempo, provavelmente perderá um pouco de sensibilidade e isso prejudicará não apenas sua saúde, como a qualidade das fotos.

Para garantir sua proteção térmica, vista-se em camadas e não esqueça de proteger as extremidades do corpo com acessórios!

Cuidados com o seu equipamento 

Equipamento fotografia

A primeira dica de ouro é: evite mudar de temperatura bruscamente. Isso é muito frequente entre turistas que visitam os centros de esqui e que costumam se movimentar muito entre ambiente externos e internos. Por isso, mantenha sempre a câmera em uma mochila ou bolsa, isso diminuirá o efeito da mudança brusca de temperatura quando você estiver mudando de ambientes e permitirá que a câmera perca ou ganhe calor gradualmente, assim a condensação é evitada. Mas é preciso que você espere um pouco para tirá-la da proteção, ok? Cuidado também com a umidade, muito tempo de exposição na chuva ou neve pode prejudicar o funcionamento da sua câmera. Se quiser fotografar de qualquer forma, existem no mercado algumas capinhas plásticas para câmeras que podem ajudar a evitar este problema. 

Fotos na neve

Fotografia na Neve

Uma das coisas mais desafiadoras ao fotografar na neve, é que o sistema de todas as câmeras está calibrado para basear a exposição em tons neutros ou em tons de cinza. Aquelas paisagens branquinhas, com a neve cobrindo praticamente todo o espaço da foto, irá influenciar e provavelmente determinar a leitura das métricas de exposição da sua camêra. Ou seja, o branco da neve engana a câmera na hora de medir a luz do ambiente. Consequentemente, se você depender apenas das métricas de exposição da sua câmera, poderá ficar desapontado quando descobrir que a paisagem branquinha se transformou em um cinza ou azul apagado na foto.

A solução para esta situação está em garantir a exposição correta adicionando uma compensação positiva. Mesmo em dias nublados ou cinzentos, uma paisagem repleta de neve necessitará de uma compensação +1. Para dias ensolarados, quando o sol estiver brilhando, utilize uma compensação +2. Mas cuide para não passar de +2, já que a foto pode perder nitidez e níveis de detalhes. 

Outra dica é mudar o white balance da sua câmera para a regulagem sombra, se você mantiver no automático é possível que a neve fique com um tom azulado. Se isso acontecer e você só perceber a ‘falha’ mais tarde, pode ser que ainda consiga ‘salvar’ a foto! Para isso, utilize alguma ferramenta de edição de imagem. 

Para os momentos com pouca visibilidade 

Fotos Inverno Pouca Visibilidade

Para condições de pouco contraste, como dias nublados e com neblina, ou até mesmo quando a neve estiver caindo, sua câmera pode ter alguma dificuldade em obter o foco correto, isso acontece por que as lentes não conseguem encontrar nada na paisagem que seja contrastante o suficiente para criar o foco. Em alguns casos, a lente focará na neve caindo, deixando o objeto que você pretende fotografar totalmente em segundo plano, por exemplo. Se estiver fotografando nestas circunstâncias, é melhor que você altere o auto foco para foco manual

Outras dicas importantes 

Outras dicas fotografia inverno

1 – Baterias quando em contato com temperaturas muito baixas descarregam de forma muito mais rápida. Por isso, leve algumas baterias extras para o seu passeio, mantenha-as protegidas em algum bolso interno do casaco, bolsa ou mochila para que o calor evite que ela descarregue com tanta facilidade.

2 – Evite respirar sobre a câmera para evitar a condensação, o que poderá deixar a sua foto embaçada e impedir o registo de algum momento. Esta dica pode parecer exagero se você está acostumado a fotografar em ambientes quentes e tropicais, como a maioria das regiões do nosso país. O frio realmente exige mais cuidado, já que estes pequenos detalhes podem causar um grande estrago em todas as suas fotos (e até mesmo na sua câmera). Vale lembrar que o problema não é o frio, mas a mudança e mistura de temperaturas que provocam este efeito, por este motivo manter a câmera sobre o casaco e removê-lo rapidamente em um ambiente frio pode não ser uma boa ideia. Fique atento! 

3 – Utilize flash quando estiver fotografando. Trata-se de uma ferramenta muito importante para melhorar a iluminação e eliminar sombras indesejáveis. 

4 – Filtros são ótimas ferramentas para escurecer céus azuis, acrescentar definição às nuvens, eliminar brilho e adicionar mais saturação às cores. O único problema é que é muito fácil exagerar nos efeitos, por exemplo, dando ao céu uma aparência artificial. Assim, é interessante variar e testar o tipo de filtro adequado para cada foto e analisar o que funciona melhor em cada caso. No geral, o filtro mais indicado para fotos no inverno é o polarizador, já que ajuda a saturar as cores e eliminar ou reforçar reflexos.  

5 – Existem alguns momentos e paisagens imperdíveis para suas fotografias no inverno. Procure subir a pontos altos durante o nascer ou o pôr do sol e, se a paisagem ainda contar com o branco da neve, melhor ainda! Após dias de chuva intensa, as cores do céu também costumam presentear os apaixonados pelo inverno e fotografias. Normalmente, vale a pena registrar este momento! Geralmente fotografar quando o sol está no seu ponto mais alto não costuma ser o mais indicado, já que resulta em fotografias sobrepostas e, por isso, o início e o final do dia são os momentos mais adequados para os seus registros. 

6 – Mas, não é preciso tirar fotos apenas de paisagens e ambientes amplos. Se você estiver em um lugar realmente frio, as fotos em close de detalhes parcialmente congelados são ótimas opções também. Nestes casos, utilize um tripé para evitar tremores, muita precisão é necessária para um bom resultado!  Teste com luz natural, sem flash, e aumente o ISO da câmera para evitar o tempo de exposição. 

7 – Algumas câmeras possuem o modo Sports. Durante sua diversão na neve, praticando esqui ou snowboard, utilize este modo para congelar o momento e tirar várias fotografias. Depois é só escolher as suas imagens preferidas!

Assim que aplicar as dicas deste post, que tal enviar suas fotos para publicarmos nas nossas redes sociais e compartilhar seu momentos com outros apaixonados pelo inverno? Envie para [email protected]. Esperamos sua foto! 

Compartilhe com um amigo:

O especialista do frio indica...

Quando as temperaturas começam a baixar, nada melhor do que contar com a opinião, conselhos e dicas de quem entende muito sobre o frio. Não importa qual o assunto, aqui você encontrará o melhor conteúdo para que possa aproveitar todos os momentos do inverno e esclarecer as suas principais dúvidas sobre os dias frios. Quer sugestões sobre os melhores produtos para aquecer, dicas  para manter a saúde ou sobre o que levar na mala na sua próxima viagem de inverno? Confira alguns posts selecionados a dedo pelos nossos especialistas do frio para você!

Top