Veneza Inverno

O que usar em Veneza no inverno

Veneza é conhecida como um dos destinos mais belos do mundo, a cidade dos canais é realmente única e incomparável. Repleta de charme, beleza e histórias, a Cidade Flutuante é uma das preferidas entre os turistas que visitam o Velho Continente. Engana-se quem pensa que Veneza atrai apenas casais em viagens românticas, a variedade de opções turísticas realmente torna a cidade muito atrativa para todos os gostos e estilos de viajantes.

O inverno é considerado período de baixa temporada em Veneza, o que significa menos aglomerações de turistas e muito mais tempo e tranquilidade para apreciar cada canto da cidade, que se torna ainda mais mágica durante os meses frios. O ponto negativo de visitá-la durante o inverno é que possivelmente você encontrará alguns restaurantes, bares e ateliers dos sopradores de vidros fechados neste período do ano.

Clima e temperatura durante o inverno em Veneza

Como estamos falando de uma cidade europeia, não é novidade que Veneza costuma ser bastante fria entre os meses de dezembro a fevereiro. A cidade está localizada no norte da Itália e, por isso, o resultado é um clima que mistura o continental e o mediterrâneo, o que na prática significa uma grande variação de temperaturas e chuvas distribuídas durante todo o ano.

Veneza Temperatura

Durante os meses mais frios, os termômetros da cidade normalmente registram temperaturas médias máximas de 6°C e mínimas de 0 °C. A neve é fenômeno raro em Veneza já que é praticamente impossível que haja as condições meteorológicas propícias para isso na cidade, embora possa acontecer eventualmente. Um exemplo foi uma queda de neve registrada em 2018, quando uma onda de frio da Sibéria deixou Veneza coberta de neve e mudou completamente as paisagens da cidade.

Roteiro turístico em Veneza

Veneza foi construída sobre as águas do Mar Adriático, suas paisagens únicas encantam os turistas que circulam pelos seus canais, pontes e pequenas ilhas. As atrações que contam um pouco da história de Veneza também não podem faltar no seu roteiro de passeios.

Canal Grande – Veneza possui diversos canais que são utilizados como ruas e conectam as pequenas ilhas espalhadas pela cidade. O Canal Grande é o mais importante e também o maior canal da cidade. Observar as paisagens e arquitetura de Veneza a bordo de uma das embarcações disponíveis no local, é certamente um das atrações preferidas pelos turistas que visitam Veneza.

Basílica de São Marcos – Construída no século XI para abrigar os restos mortais de São Marcos, o Patrono de Veneza, hoje é considerada uma verdadeira obra-prima devido às suas belas esculturas, mosaicos, afrescos e peças de arte.

Praça de São Marcos – Um dos espaços mais movimentados e conhecidos da cidade. Quando estiver no local aproveite para observar a paisagem ouvindo uma música ao vivo e visite as diversas opções de lazer próximas à praça.

Ponte de Rialto – Uma das atrações mais populares e a ponte mais antiga de Veneza, a Ponte de Rialto foi construída com  intuito de conectar as duas margens do Grande Canal e dar acesso ao Mercado de Rialto.

Outros locais que você não pode deixar de visitar são o Palácio Ducal, a Ponte dos Suspiros, o Lido di Venezia, Teatro La Fenice, Gallerie dell’Accademia e os passeios pelas ilhas de Murano, Burano e Torcello.

O que usar em Veneza no inverno

Veneza Gôndola

Uma viagem para Veneza no inverno exige muita atenção e critério durante a organização da bagagem. Embora não seja um dos destinos mais frios do continente europeu, as temperaturas são muito mais baixas se comparadas à média do inverno brasileiro. É preciso que esteja preparado(a) para curtir o melhor da viagem mesmo que o frio esteja intenso e a previsão seja de chuva, o que não é raro em Veneza!

A nossa sugestão é que a sua bagagem seja composta por roupas e calçados com muita eficiência térmica e desenvolvidos em materiais impermeáveis para garantir o máximo de aquecimento e proteção contra agentes externos. Na hora de compor o look, lembre-se do sistema de camadas, desta forma estará auxiliando ainda mais a retenção do calor corporal e tornando o seu dia a dia mais prático! À medida que esquentar ou esfriar durante o dia, você poderá retirar ou incluir as peças do seu look de forma fácil e de acordo com a necessidade de cada momento.

Provavelmente a terceira camada será tirada e recolocada muitas vezes durante os seus passeios em Veneza. Por isso, escolha peças práticas e não esqueça que as camadas inferiores também vão aparecer bastante durante a sua viagem, ok? O segredo agora é saber com quais e quantas camadas montar o look, o ideal é que você opte por até 3 camadas compostas de acordo com esta organização:

Roupas térmicas – Blusas, calças e meias desenvolvidas em tecidos com textura que garantam a livre transpiração do nosso corpo. O mais comum são as chamadas segunda pele, algumas com um tecido aveludado/apeluciado por dentro. Essa camada tem como função, além de aquecer, manter o nosso corpo seco.

Aquecimento  – Dependendo da temperatura, a segunda camada pode ser ou não a última, normalmente ela é composta por blusa ou casaco. O material utilizado nessa camada normalmente é o fleece, uma espécie de tecido com alta tecnologia e propriedades térmicas. Uma outra opção para esta camada são as charmosas blusas em tricô, que ficam excelentes em looks mais formais. Lembre-se que essa camada é responsável por manter o calor do nosso corpo e pode ser montada com mais de uma peça, além disso a gramatura do tecido também pode variar dependendo da intensidade do frio.

Proteção – A última camada sempre é composta por um casaco mais robusto, que pode variar dependendo da ocasião, clima e temperatura. Para os dias frios e chuvosos é preciso optar por um casaco que mantenha o aquecimento apropriado e seja impermeável. Se o frio não estiver intenso, sugerimos um modelo corta vento desenvolvido em materiais que protejam de agentes externos.

Falando ainda em peças para a composição da última camada, não esqueça dos acessórios! Itens como cachecóis, luvas, gorros, protetores de orelha e balaclavas são responsáveis por não deixarem o vento e o frio passarem. Ou seja, essenciais para sua viagem à Veneza durante o inverno.

Neste momento você pode estar se questionando sobre o aquecimento dos pés, não é? Afinal, todos sabemos que eles merecem muito cuidado e atenção durante as viagens de inverno para que os passeios sejam aproveitados ao máximo! O calçado errado pode prejudicar o seu conforto e impedir que você curta o melhor de cada momento.

Em uma viagem de inverno é preciso atentar para os materiais do calçado, forração e sola. O produto deve ser desenvolvido em material com tratamento impermeabilizante para evitar a entrada de umidade e a sola deve ser segura e resistente para possíveis longas caminhadas. E, o último item, mas não menos importante: o aquecimento! Botas forradas em lã ou materiais térmicos são essenciais para evitar o frio e manter o conforto térmico dos seus pés.

Esperamos que estas dicas tenham auxiliado na organização da sua viagem para Veneza durante o inverno. Ficou com alguma dúvida ou gostaria de mais dicas para a sua viagem? Entre em contato conosco através dos comentários.

Somos o blog da Fiero! Aqui reunimos conteúdos de alta qualidade sobre o inverno, viagens, o que usar, dicas especiais e muito mais. Todos os conteúdos são produzidos por especialistas do frio e amantes da estação mais gelada do ano. Acesse nossa loja virtual e encontre roupas, acessórios e calçados para o frio, inverno e neve: www.fieroshop.com.br .

Deixe o seu comentário, dúvida ou sugestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

voltar ao topo