Inverno Santiago

Santiago no inverno: sugestões de passeios e o que usar

Viajar para o Chile tem muitas vantagens: o país fica próximo ao nosso, suas paisagens são lindas e é um dos países sul-americanos que oferecem mais infraestrutura e conforto para os seus turistas.

Dentre as várias opções de destinos chilenos, Santiago é um dos mais procurados pelos apaixonados pelo inverno! Afinal, além de poder admirar o charme de uma das cidades mais desenvolvidas da América do Sul, é possível aproveitar diversas opções de passeios a alguns quilômetros da capital chilena, como centros de esqui e vinícolas. Ou seja, Santiago é um pacote de viagem completo!

Clima e temperatura durante o inverno em Santiago

Temperatura Santiago Inverno Fonte: https://weather-and-climate.com/

A cidade tem estações bem marcadas e o inverno acontece oficialmente entre os meses de junho a setembro. Normalmente no mês de abril a queda de temperatura já é perceptível e, a partir de maio, já é possível sentir o clima de inverno em Santiago. No auge da estação, os termômetros costumam registrar temperaturas médias diárias de 2°C a 17°C e a temperatura pode variar muito durante o dia, já à noite costuma cair bruscamente.

Infelizmente a neve é um fenômeno raro na cidade, embora seja aproveitada pelos turistas em montanhas e centros de ski localizados próximos à capital chilena.

Turismo em Santiago

Turismo Santiago

Santiago é cercada por montanhas e é também muito organizada e arborizada. Além disso, edifícios, construções, museus e parques registram os momentos históricos e o desenvolvimento financeiro e cultural da cidade. Selecionamos alguns passeios especiais para você conhecer um pouco mais sobre Santiago.

City Tour

Um dia só não basta para conhecer o que Santiago realmente oferece de melhor aos turistas. Se este é o seu caso, não desanime, é possível ter uma ótima impressão da cidade através do city tour.

Como um típico passeio de city tour em ônibus, há áudio em português contando a história de Santiago e do Chile. É possível descer e subir nas paradas e comprar o bilhete em vários pontos da cidade. Se você tiver só um dia para conhecer a capital chilena, comece cedinho, desça em 2 ou 3 pontos turísticos e termine o passeio vendo o pôr do sol do alto do edifício Sky Costanera.

Plaza de Armas

Considerado o centro histórico da cidade de Santiago, foi o local de construção dos principais edifícios administrativos da cidade no passado. Uma renovação da estrutura da praça aconteceu entre os anos 1998 e 2000, hoje o espaço tem uma grande importância cultural com suas construções antigas, lojas e restaurantes.

Las Condes

Las Condes é um bairro nobre, tranquilo e muito representativo de Santiago. Foi apelidado carinhosamente de ‘Sanhattan” pelos locais como uma apologia à Manhattan. É um bairro completo e considerado o novo centro financeiro da cidade.

Cerro Sán Cristóbal

Trata-se do maior morro da região central de Santiago e o maior parque urbano da cidade, com bosques, piscinas e até zoológico. No local também é possível visitar um mirante que oferece uma bela vista panorâmica de Santiago e um santuário, considerado a maior atração do parque e um dos principais templos da igreja católica do país.

La Chascona

É uma das antigas casas do poeta Pablo Neruda. Foi construída para a sua terceira mulher, apelidada de “La Chascona”, e foi habitada pelo poeta apenas nos últimos anos da sua vida.  O local oferece um museu com salas que recriam os antigos ambientes da casa, objetos que fizeram parte da vida do casal, móveis e uma pinacoteca. A visita acontece com a presença de um guia e é possível apreciar todas as partes da casa, incluindo o jardim.

Museu de Arte Pré-Colombiana

Com peças do período pré-colombiano, o museu oferece uma ótima estrutura, uma sala para exposições momentâneas e algumas apresentações sobre a cultura e religião destes povos. Seu acervo conta com objetos, utensílios e peças das antigas civilizações. Algumas delas foram confeccionadas 4.500 anos antes da chegada dos seus colonizadores.

Centros de Esqui e Vinícolas  

Se quiser aproveitar a neve, existem alguns centros de esqui bem próximos da cidade, como o Valle Nevado, Farrelones, El Colorado e La Parva. A temporada geralmente inicia entre junho e julho e finaliza em setembro. Outra ótima opção de passeio são as vinícolas que ficam a aproximadamente 40km de Santiago, a exemplo de Cancho Y Toro e Undurraga!

Artesanatos

É possível comprar artesanato em vários lugares da cidade, como no Patio Bella Vista e no Mercado Central. A feira em Los Dominicos certamente é a melhor opção, ela fica no alto de uma pequena colina, ao lado da Igreja San Vicente Ferrer e perto da estação do metrô Los Dominicos. Em frente à feira há um grande parque, ou seja, um pacote de passeios completo para aproveitar um dia ao ar livre em Santiago.

O que usar em Santiago

O que usar Santiago

Curtir o inverno em Santiago exige uma seleção criteriosa dos seus looks. Durante os passeios, vista-se em camadas e prefira ter um casaco sempre à mão, especialmente em dias nos quais o itinerário do seu roteiro turístico envolva muitos passeios diferentes. Durante as viagens, a maioria dos turistas só tem hora pra sair, mas dificilmente sabe a hora em que vai voltar para a hospedagem, o que muitas vezes envolve algumas surpresas com o clima e temperatura e, por isso, é preciso estar prevenido. 

Antes de organizar sua mala, o primeiro item a ser verificado é saber exatamente quais são as previsões de clima e temperatura para o período da sua viagem em Santiago. No final de maio e início de junho já é possível ver os termômetros marcando temperaturas mínimas próximas a zero.

Lembre-se também que dificilmente neva na cidade, mas a maioria dos turistas costuma incluir passeios aos centros de esqui próximos ao seu itinerário. Se este é o seu caso, é preciso que acrescente roupas, calçados e acessórios específicos para esta finalidade de uso na sua mala de viagem.

Tendo em mãos as possíveis temperaturas e clima para o período, o segredo é saber quais os itens que farão parte de cada camada do seu look. Para um look adequado para as temperaturas de Santiago no inverno, o ideal é optar por até 3 camadas, que devem ser  compostas desta forma:

1)Roupas térmicasBlusa, calça e meias com tecidos com textura que garantam a livre transpiração do corpo. O mais comum são as chamadas segunda pele, algumas com um tecido aveludado/apeluciado por dentro. Essa camada tem como função, além de aquecer, manter o nosso corpo seco;

2) Aquecimento  – Dependendo da temperatura, a segunda camada pode ser ou não a última, normalmente ela é composta por blusa ou casaco. O material utilizado nessa camada normalmente é o fleece, uma espécie de “plush”/flanela com alta tecnologia. Essa camada é responsável por manter o calor do nosso corpo e pode ser montada com mais de uma peça. A gramatura do tecido também pode variar, dependendo da intensidade do frio;

3) Proteção – A última camada sempre é composta pelo casaco, que pode variar dependendo da ocasião e do clima e temperatura do local. Essa camada pode ser um corta vento ou ainda um casaco leve para os momentos nos quais as temperaturas não estejam muito baixas. Vale lembrar que para dias de frio intensos com chuva ou passeios nos centros de esqui é necessário que este casaco, além de garantir o aquecimento ideal, seja impermeável!

Falando ainda em itens para a composição da última camada, não esqueça dos acessórios! Itens como cachecóis, luvas, gorros, protetores de orelha e balaclavas são responsáveis por não deixarem o vento e o frio passarem. Ou seja, essenciais para qualquer viagem de inverno!

Além das camadas de roupas e acessórios, outro item indispensável para as viagens de frio são as botas! Dê preferência a tecidos/materiais inteligentes e tecnológicos para garantir o máximo de eficiência em aquecimento e conforto para seus pés durante a viagem. Impermeabilidade e solas seguras também são características consideradas essenciais no produto, principalmente se nevar ou chover durante os seus passeios.

Lembre-se que durante a viagem provavelmente a terceira camada do look será tirada e recolocada muitas vezes. Por isso, escolha peças práticas e não esqueça que as camadas inferiores também vão aparecer bastante, ok?

Esperamos ter ajudado na organização da sua bagagem para curtir o inverno em Santiago. Continua com alguma dúvida ou gostaria de mais dicas de turismo durante o inverno na cidade? Entre em contato conosco através dos comentários deste post!

Somos o blog da Fiero! Aqui reunimos conteúdos de alta qualidade sobre o inverno, viagens, o que usar, dicas especiais e muito mais. Todos os conteúdos são produzidos por especialistas do frio e amantes da estação mais gelada do ano. Acesse nossa loja virtual e encontre roupas, acessórios e calçados para o frio, inverno e neve: www.fieroshop.com.br .

Deixe o seu comentário, dúvida ou sugestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

voltar ao topo