Matamata Nova Zelândia Ilha Norte

Matamata: uma visita ao condado dos Hobbits na Nova Zelândia

Em 2001, quando estreou o primeiro filme da trilogia Senhor dos Anéis, muita gente passou a visitar a Nova Zelândia para conhecer os belos cenários que serviram de locação desta grandiosa obra cinematográfica. Matamata, uma pequena e desconhecida cidade da Ilha Norte, passou aos poucos a ser visitada e conhecida internacionalmente. Isto porque é numa fazenda próxima a esta pacata cidade que está localizado o Hobbiton Movie Set, o famoso Condado dos Hobbits, que aparece nos filmes Senhor dos Anéis e Hobbit.

Matamata Hobbiton

Matamata tem cerca de 6 mil habitantes e fica a 2 horas de carro de Auckland. Por ser conhecida como o lar oficial dos Hobbits, o turimo cresceu muito nos últimos tempos. Além disso, oferece uma ótima infraestrutura de restaurantes e acomodações. Como a cidade está localizada na ilha norte do país, o frio não chega a ser tão intenso quanto nas cidades da ilha sul, embora as temperaturas não deixem de ser baixas. No dia da minha visita à Hobbiton, fazia 8°C em Matamata!  

Eu resolvi conhecer o vilarejo dos Hobbits saindo de Auckland.  Se você estiver em outras cidades como Tauranga, Hamilton e Rotorua, também é possível contratar um tour para o condado. E se você estiver de carro, pode ir por conta própria. Para fazer este passeio, contratei a empresa InterCity. Custou 129 dólares neozelandezes, e estavam inclusas a viagem de Auckland para Matamata, ingresso para o Hobbiton Movie Set e ônibus para Rotorua, que foi meu próximo destino.

Saímos do Sky City Bus Terminal (localizado próximo a Sky Tower) às 8h. O ônibus da InterCity tem um bom wifi gratuito, mas não tem banheiro e o banco não reclina. Mas, como a viagem é curta, não tem problema! O ônibus parou em frente ao i-SITE de Matamata para pegarmos o ônibus oficial do Hobbiton Movie Set. Para quem não sabe, nas principais cidades da Nova Zelândia tem o i-SITE, que é o local oficial de informações ao visitante. O de Matamata é um dos mais bonitos e a arquitetura é parecida com o The Green Dragon, um pub no Condado dos Hobbits.

Matamata

Durante o trajeto no ônibus do Hobbiton, o motorista foi contando algumas histórias sobre o local e depois colocou na TV algumas cenas dos filmes e de gravações dos atores, diretores e produtores mostrando como foi a construção do condado. Depois de 30 minutos dentro deste ônibus, chegamos na fazenda onde está o vilarejo dos Hobbits. Lá, os tours saem de meia em meia hora e tem duração de 2 horas, funcionam das 8h30 às 15h30 e custam a partir de 79 dólares neozelandeses.

Quando chegamos no set de filmagens, estava chovendo muito. Então eles disponibilizaram guarda-chuvas para todo mundo. A experiência de estar lá foi incrível!  São 44 casinhas, uma diferente da outra e ricas em detalhes, o que faz parecer que você está realmente caminhando pela Terra Média. Jardins, bandeirinhas, cestas com alimentos, espantalhos, hortas, roupas nos varais, chaminés saindo fumaça, o lago, ferramentas como machados e martelos fazem parte deste cenário mágico. Tem hora que dá a impressão que algum hobbit acabou de passar por ali!

Matamata Hobbits

Durante o tour, a guia vai explicando sobre cada local, quais cenas foram gravadas ali, como foram filmadas, conta histórias que ocorreram durante as filmagens e como tudo foi criado. Em 1998, o diretor do filme e sua equipe estavam sobrevoando a região de Matamata e descobriram a fazenda da família Alexander. Observaram que lá era perfeito para ser a locação do filme, pois além da paisagem ser muito parecida com a que Tolkien descreve nos seus livros, ficava afastada, evitando que as pessoas fossem incomodar durante as filmagens.

Na filmagem da trilogia Senhor dos Anéis, o cenário foi construído temporariamente. Quando gravaram Hobbit, resolveram construir o cenário de forma permanente, pois sabiam que iriam ganhar muito dinheiro com o turismo. E o fazendeiro e a equipe do filme estavam certíssimos.

Matamata NZ

Hoje, das inúmeras locações dos filmes, Matamata é o destino mais visitado de toda a Terra Média, quero dizer, da Nova Zelândia, pelos fãs das obras de J. R. R. Tolkien. No tour, caminhamos por todas as ruelas do condado e antes de chegarmos ao The Green Dragon, pub dos Hobbits, passamos pelo moinho e pela famosa ponte por onde Galdalf chega ao vilarejo. Para ficar ainda melhor, no pub nos deram uma cerveja de brinde.

Matamata Senhor dos Anéis

Uma curiosidade: segundo o guia, quase 40% das pessoas que visitam o Hobbiton Movie Set nunca assistiram aos filmes, mas mesmo assim elas saem de lá encantadas e satisfeitas com o passeio. Então, se você estiver com passagem marcada para a Nova Zelândia, não deixe de visitar o condado dos Hobbits em Matamata. Até abaixo chuva o passeio é incrível e inesquecível! 

Tadeu Salgado é um dos autores do livro “Como (sobre)viver no exterior”.

Deixe o seu comentário, dúvida ou sugestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

voltar ao topo