Belém Lisboa

Lisboa: roteiro turístico para curtir as melhores atrações de Belém

É impossível visitar Lisboa sem ir à Belém. A menos de 10km do centro de Lisboa, Belém é considerado o bairro do descobrimento, já que foi de lá que saíram os grandes navegadores, inclusive Pedro Álvares Cabral, em busca de novos caminhos. O melhor de tudo é que os pontos turísticos ficam todos bem próximos uns aos outros, então tem como fazer tudo a pé. E nada melhor que estar com calçados confortáveis para aguentar o passeio! 

Começamos pelo famoso e único Pastel de Belém. Sim! Todos os outros que existem em outras confeitarias são apenas pastéis de nata. A Fábrica de Pastéis de Belém abriu suas portas em 1837, e a receita original é mantida em segredo até hoje. 

Pastéis Belém Lisboa

Impossível chegar lá sem enfrentar uma fila, o lugar chega a vender mais de 20 mil pastéis por dia e, para quem gosta, vale a pena a espera!

Pastéis Lisboa

Seguindo em frente, saímos no Mosteiro dos Jerônimos. Não tem como não ficar impressionado com tanta beleza arquitetônica! O local foi eleito um dos mais belos monumentos de Portugal e não podia deixar de estar no ranking das 7 maravilhas do país. Considerado uma das mais grandiosas obras do estilo manuelino, ele foi todo esculpido à mão e cada uma das colunas, arcos e torres são diferentes, cada adorno é único! A entrada custa 10 euros.

Mosteiro Belém Lisboa

A obra do mosteiro começou em 1502 à pedido do rei D. Manuel I e demorou um século para ficar pronta. Essa obra mostra a riqueza de Portugal na época das grandes descobertas. O rei escolheu a Ordem de São Jerônimo para ocupar o mosteiro (por isso foi chamado Mosteiro dos Jerônimos), a função deles era de orar pela família real e pelos navegadores que saiam dali para conquistar o mundo.

Mosteiro Lisboa Portugal

Saindo do mosteiro, cruzamos um lindo jardim que curiosamente era uma zona de praia, a Praia do Restelo. O Jardim foi construído no decorrer da 2ª Guerra Mundial, em 1940, na altura da Exposição do Mundo Português, com o objetivo de comemorar os 800 anos da Independência de Portugal.

Praia Restelo Lisboa

Atravessamos o túnel sob a Avenida Brasília e chegamos ao Padrão dos Descobrimentos. Com a forma de uma caravela, o monumento foi construído em 1960 e tem esculpidas 33 figuras dos principais heróis ligados aos descobrimento, sendo que a mais importante figura do início da era das descobertas, o Infante D. Henrique, ocupa um papel central no monumento. Dá para subir no topo do Padrão dos Descobrimentos e apreciar uma vista incrível de Belém. O ingresso custa 3 euros.

Padrão descobrimento Lisboa

E, para fechar nosso passeio por Belém, chegamos à Torre de Belém caminhando pela margem do Rio Tejo. A Torre de Belém é a primeira na lista das 7 maravilhas de Portugal e tinha como objetivo proteger Lisboa dos invasores. Só que com o passar do tempo, foi perdendo sua função defensiva e já foi usada como prisão política e, mais tarde, como telégrafo. Com certeza um dos mais bonitos cartões postais de Portugal!

O inverno em Lisboa

O melhor do inverno de Lisboa é que, apesar do frio, o tempo costuma ser muito bom. Lisboa tem um clima mediterrâneo, o que torna a ocorrência de neve muito rara e uma das capitais europeias com o inverno mais suave. As temperaturas mínimas variam entre 8°C a 9°C durantes os meses mais frios do inverno. 

Visitamos a cidade nos últimas dias do inverno Europeu, por isso o frio já não era intenso. No dia do nosso passeio o tempo estava lindo, mas as temperaturas amenas! Para proteger do vento gelado que vem do rio, eu usei meu cachecol da Fiero, que além de muito estiloso, é unissex. Assim, eu e o Italo, pudemos revezá-lo durante a viagem. 

Cachecol Fiero

E como tínhamos comentado no início do post, nosso passeio foi a pé! Nestes momentos, nada melhor do que estar com calçados confortáveis para aguentar o passeio! 

Eu usei a minha bota da Fiero que mantém o pé quentinho, já  que é forrada em lã natural de carneiro e é muito confortável e resistente!

Deixe o seu comentário, dúvida ou sugestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

voltar ao topo