Nova variante Ômicron altera regras de entrada em países

8 de dezembro de 2021 - Por Portal de Inverno

Com o rápido avanço da nova variante Ômicron, diversos países estão tomando medidas na tentativa de impedir a disseminação do coronavírus. Assim, alguns destes países estão alterando as suas regras para a entrada de turistas. Suíça, Reino Unido e França já anunciaram as novas determinações para os viajantes.

O que já se sabe sobre a variante é que ela possui um número maior de mutações na proteína Spike, que é usada pela SARS-CoV-2 para entrar nas células humanas. Sobre a sensibilidade às vacinas já disponíveis, ainda não é possível afirmar algo.

SUÍÇA

No dia 4 de dezembro, a Suíça aumentou as suas exigências na hora de receber turistas no país. Agora, os viajantes devem apresentar exame PCR com resultado negativo realizado em até 72 horas antes do embarque. Ainda, mais um teste de antígeno ou PCR precisa ser feito entre os primeiros 4 e 7 dias após a chegada dos turistas na Suíça.

As testagens devem ser pagas pelos viajantes e o valor pode variar de 45 francos suíços (R$ 276) a 400 francos suíços (R$ 2.457). Este último valor é para os casos de coleta domiciliar. Para os estrangeiros que não apresentarem os seus exames negativos, é cobrada uma multa.

Além dos testes, é preciso preencher um formulário até 48 horas antes do desembarque e apresentar certificado de vacinação suíço contra a Covid-19 para entrar em locais públicos fechados, como por exemplo, restaurantes, museus e hotéis.

Os turistas que não foram vacinados na União Europeia, necessitam da conversão dos documentos de vacinação do país de origem para o formato da Suíça. Este processo leva até cinco dias úteis e o custo da emissão é de 30 francos suíços, equivalente a R$ 180. Os imunizantes aceitos na Suíça são: Pfizer, AstraZeneca, Janssen, Moderna, Covaxin, Sinovac (CoronaVac) ou Sinopharm. Confira mais informações no site oficial da Embaixada da Suíça no Brasil

FRANÇA

Também no dia 4, a França impôs as novas regras para os viajantes que desejam entrar no país. Agora, os brasileiros vacinados precisam realizar um teste antígeno ou PCR em menos de 48 horas antes do embarque e mais um na chegada. O Brasil está na lista estabelecida pela França de países onde o coronavírus circula ativamente, tendo variantes que são preocupantes.

Para os não vacinados, o país restringiu a entrada aos viajantes brasileiros que possuem motivos, como por exemplo, vistos de permanência ou que estejam inscritos em universidades ou alguma outra instituição de ensino. Os imunizantes aceitos pela França são: Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Johnson & Johnson. A CoronaVac não está na lista.

Apesar de cerca de 90% da população de mais de 12 anos de idade estar imunizada, o país registra aproximadamente 50 mil casos de Covid-19 em um dia. Estes casos também são provocados pela variante Ômicron, que inclusive é a cepa dominante.

Até o dia 4, de acordo com a Agência de Saúde francesa, Santé Publique France, a França já tinha registrado 12 casos da nova variante. Acompanhe as atualizações também por canais oficiais, como a Embaixada Francesa no Brasil

REINO UNIDO

Desde o dia 7 de dezembro, passou a valer no Reino Unido a nova regra para tentar impedir o avanço da variante Ômicron. Agora, todos os turistas maiores de 12 anos de idade precisam apresentar teste antígeno ou PCR com resultado negativo. O teste precisa ser realizado até 48 horas antes do embarque.

Antes, quem chegava no Reino Unido necessitava apresentar o teste PCR até dois dias depois do desembarque. Também, era preciso ficar em isolamento até o resultado ser divulgado.

A decisão não agradou o setor de turismo que estava em fase de recuperação por conta da pandemia. Tim Alderslade, da Associação das Companhias Aéreas Airlines UK, considerou a medida prematura, pois ainda não se tem todos os dados clínicos da nova variante. O Reino Unido detectou até agora 160 casos da variante.

O vice-primeiro-ministro, Dominic Raab, disse que entende o fardo que é para a indústria de viagens, mas que foi feito um enorme progresso no país. Até o momento, 81% dos maiores de 12 anos estão vacinados e uma dose de reforço foi administrada para 34% da população vacinável.

Aqui no Portal de Inverno você confere publicações sobre a reabertura de fronteiras dos países e regras para conter o avanço do coronavírus. Confira, ainda, o passo a passo para tirar o certificado de vacina da Covid-19 para viajar.

PORTUGAL

Portugal também passou a adotar uma série de restrições. Uma delas foi tornar obrigatória a apresentação de teste negativo para Covid-19, até mesmo quem tem o certificado de imunização da União Europeia.

Além disso, os diagnósticos negativos e comprovantes de vacinação voltaram a ser exigidos para entrada em estabelecimentos portugueses, como academias, restaurantes, bares, hotéis e alguns eventos. O uso de máscara também voltou a ser obrigatório dentro de qualquer ambiente fechado.

Buscando conter o avanço do coronavírus, a Direção-Geral de Saúde (DGS) de Portugal recomendou a vacinação de crianças de 5 a 11 anos com a Pfizer/BioNTech. Porém, não foi definida a data para o início da imunização desta faixa etária.

Já as festas de Réveillon de Lisboa e Porto foram canceladas. Em breve, serão anunciadas restrições específicas para o período. Entre os dias 2 e 9 de janeiro estão programadas ações de maior controle, com foco na volta às aulas após o recesso escolar de fim de ano.

Aqui no Portal de Inverno você confere publicações sobre a reabertura de fronteiras dos países e regras para conter o avanço do coronavírus. Confira, ainda, o passo a passo para tirar o certificado de vacina da Covid-19 para viajar.

Continue nos acompanhando e siga também nosso Instagram @portaldeinverno.

Compartilhe com um amigo:

O especialista do frio indica...

Quando as temperaturas começam a baixar, nada melhor do que contar com a opinião, conselhos e dicas de quem entende muito sobre o frio. Não importa qual o assunto, aqui você encontrará o melhor conteúdo para que possa aproveitar todos os momentos do inverno e esclarecer as suas principais dúvidas sobre os dias frios. Quer sugestões sobre os melhores produtos para aquecer, dicas  para manter a saúde ou sobre o que levar na mala na sua próxima viagem de inverno? Confira alguns posts selecionados a dedo pelos nossos especialistas do frio para você!

Top