Florença no Inverno

O inverno em Florença: roteiro turístico e o que usar

  

Florença é a capital da Região da Toscana, um verdadeiro museu a céu aberto devido ao grande número de esculturas importantes que decoram as suas praças! Muitas pessoas pensam que não há muitas opções de passeios na Toscana no inverno, mas não é verdade. A região também tem muitos atrativos durante a estação das baixas temperaturas! 

No inverno os dias são mais curtos, o que significa que é provável que você retorne dos seus passeios quando estiver escuro. Isso aconteceu conosco várias vezes durante a viagem, mas garanto que não mudou em nada toda a beleza  e encanto do lugar. No inverno a vista das cidades é bem mais bonita, pra mim é uma das melhores época para fotografar, além dos lugares estarem mais vazios e sem multidões de turistas.

E se não tem turistas, será bem mais fácil encontrar hotéis maravilhosos e com preços bem melhores devido à baixa temporada. Você ainda poderá ter a oportunidade de desfrutar de uma forma muito mais intensa e completa todas as experiências deste destino especial, como provar os pratos típicos da região, suas deliciosas pizzas e ainda aproveitar a temporada das trufas brancas.

Turismo em Florença 

Florença Pizza

Na Piazza della Signoria, centro político da cidade, é possível apreciar mais de 20 esculturas de diferentes épocas e a maioria original, como Perseus com a Cabeça de Medusa, Rapto das Sabinas e Fonte de Netuno. É muito comum vermos vários turistas e fotógrafos encantados disputando o melhor ângulo para registrar os monumentos!

Faz mais de 550 anos que a Cúpula de Florença foi construída, ela continua sendo até hoje a maior cúpula em alvenaria do mundo. É preciso ter coragem para subir seus 365 degraus, mas dizem que a vista lá de cima vale a pena. Não pudemos visitá-la porque no período que fomos não estava aberta para visitação do público, mas registramos uma foto externa e ficamos com vontade de voltar para conhecer mais um pouquinho.

Florença é uma cidade muito rica em história, cultura e arte, mas diferente das outras cidades italianas, seu centro histórico não é muito grande. Todos os principais pontos de interesse ficam a pouca distância um do outro, por este motivo posso garantir que um dia é o sufuciente para conhecer Florença. A cidade é repleta de lojas de marcas famosas e restaurantes de massa italiana, reservamos uma noite para conhecer a vida noturna e provar os famosos vinhos de Florença, achamos tudo muito delicioso!

Turismo em Pisa 

Turismo Pisa

Ainda na região de Toscana, visitamos Pisa durante uma manhã. Posso garantir que meio dia é o suficiente para conhecer os principais pontos da cidade. 

Diferente de Florença, mesmo no inverno, Pisa está sempre cheia, sempre com muitos turistas com suas casquinhas de sorvete na mão para tirar a clássica foto com a torre. Para onde você olha, encontra um sorveteria ou até carrinhos que vendem só a casquinha para tirar a foto que nenhum turista dispensa durante sua visita à cidade. 

Apenas 30 visitantes podem subir na torre ao mesmo tempo, por isso os ingressos são vendidos com horário marcado. São 15 degraus em espiral, em um edifício com inclinação alta e é preciso fôlego e muita resistência para evitar a tontura.

Clima e temperatura durante o inverno na Toscana

O inverno europeu parece ser a estação mais temida pelos brasileiros, sempre me perguntam se faz muito frio. E a resposta é sim, o inverno europeu não é nada parecido com nosso inverno brasileiro, mas se colocar os itens certos na sua bagagem, o frio passará despercebido! 

A Itália está localizada dentro da área climática classificada como temperado mediterrâneo, o que significa que as temperaturas são amenas ao longo do ano. O inverno é frio e chuvoso e as temperaturas médias mudam consideravelmente dependendo da região do país, são mais baixas no norte, onde ficam os Alpes, e mais altas nas ilhas, litoral e no sul. A temperatura média na região da Toscana varia de 3°C a 13°C, mas os termômetros podem chegar a registrar temperaturas abaixo de zero. Não é comum nevar, mas pode acontecer em alguns momentos. 

Temperatura Florença Inverno Fonte: https://www.weather-atlas.com/

Em Florença as médias durante os meses mais frios são de mínimas de 2°C e máximas de 11°C e o clima muda muito rápido! Em apenas um dia de visita, pudemos aproveitar um tempo agradável, ensolarado e com um frio suportável. Já na hora de ir embora começou uma chuva leve, neste momento o céu escureceu completamente e pudemos ver algumas pedrinhas de gelo no capô do carro. 

Já a cidade de Pisa costuma ter um clima bem agradável. O inverno começa em dezembro e vai até a primeira quinzena de março, a temperatura máxima normalmente fica em torno de 7°C, enquanto a mínima é de 0°C durante os meses mais frios da estação.  

De qualquer forma, viajar durante o inverno para  a Toscana tem muitas vantagens, as principais delas são as cidades mais vazias, preço mais baixo dos hotéis, aluguéis de carro e restaurantes. Sobre estes, relembro que a maioria deles têm aquecedores, o que é um ótimo atrativo para os dias mais frios. As desvantages são os dias mais curtos, o que faz com que os estabelecimentos fechem um pouco mais cedo se comparado às demais estações do ano. 

O que usar no inverno na região da Toscana 

O que usar Florença

Pesquisei bastante antes de viajar para a Itália e organizar a minha bagagem. Visitamos o país em fevereiro, período de transição entre o inverno e a primavera, mas mesmo assim as temperaturas estavam baixas. As características do clima da Toscana, especialmente de Florença, exigem muita atenção às previsões do tempo na hora de organizar a bagagem e também no momento de selecionar o look para cada dia de passeio, ok?  

Para iniciar, é preciso que você saiba que produtos volumosos não são garantia de aquecimento, é preciso escolher os itens certos e usá-los de forma estratégica para garantir seu conforto térmico. Há muitos produtos inteligentes, que aquecem e possuem uma compressibilidade muito alta!

Lembre-se que o look de inverno ideal é composto por três camadas. Comece com blusas e calças segunda pele, que terão a função de regular a temperatura do corpo e mantê-lo(a) seco(a) e confortável. A segunda camada será a responsável por mantê-lo(a) aquecido(a), isolando seu corpo do ambiente externo e impedindo que ele perca calor. Os materiais dessas roupas de frio são compostos por uma uma barreira que impede o calor de sair e o frio de entrar, um exemplo seriam as blusas e casacos em fleece ou suéteres.  

A última camada é composta por um casaco mais robusto. A função dessa camada é protegê-lo(a) de agentes externos sem impedir que o seu corpo expulse o suor expelido pelas duas camadas internas. Como já mencionamos anteriormente, o clima em Florença muda com frequência e repentinamente, invista em casacos que tenham tratamento impermável, além de enchimento e forro em materiais inteligentes que garantam o aquecimento mesmo em dias de frio intenso e chuvosos.

Para o aquecimento ideal dos pés, opte por botas impermeáveis e forradas em lã ou materiais térmicos, elas são essenciais para evitar o frio e manter o conforto térmico. Para complementar o aquecimento, meias térmicas apropriadas para baixas temperaturas são uma ótima opção também!

Pensando em uma situação na qual você tenha que estar bem preparado(a), inclua gorros, protetores de orelha ou até mesmo balaclavas para proteger a cabeça. As luvas e os cachecóis térmicos costumam ser essenciais em qualquer momento das viagens a destinos de inverno, além de protegerem do frio, tornam o visual super elegante para seus passeios pela Itália!   

Quando estivemos em Florença, segui à risca todas as dicas mencionadas aqui, já em Pisa as temperaturas estavam mais amenas e pude optar por um look adequado para um período de meia estação. Usei um cardigan e um suéter, na parte de baixo um meia calça e saia combinadas com uma bota de cano curto

Esperamos que estas dicas tenham auxiliado na organização da sua viagem à Florença durante o inverno! Ficou com alguma dúvida ou gostaria de mais dicas para a sua viagem? Entre em contato conosco através dos comentários!

 

Apaixonados por viagens e gastronomia, Priscila e Guilherme viajam pelo mundo em busca de novas experiências e destinos.

Deixe o seu comentário, dúvida ou sugestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

voltar ao topo