O que usar inverno Buenos Aires

O que usar no inverno em Buenos Aires

Buenos Aires é a segunda maior área metropolitana da América do Sul, ficando atrás apenas da grande São Paulo. Devido à sua proximidade com o nosso país, é um dos destinos mais cotados pelos brasileiros para férias ou feriados. Outro ponto muito valorizado na cidade é a sua arquitetura em estilo europeu, o que levou Buenos Aires a ser reconhecida como “a Paris da América do Sul”. Com uma intensa diversidade cultural, há atrações para todos os estilos de viajantes!
 
O inverno em Buenos Aires é bastante frio e o clima similar ao sul do Brasil. Durante o inverno a temperatura média é de 11°C, chegando a atingir temperaturas próximas a 0°C no período da noite e da manhã e 20°C à tarde. Caso você queira ver neve, infelizmente Buenos Aires não é o destino que você está procurando! 
 
Clima Buenos Aires
 
 
É importante que você esteja preparado(a) com roupas para frio intenso e que leve peças mais leves para utilizar o método de camadas ao compor os seus looks para os passeios na capital argentina. As atrações ao ar livre não precisam ser evitadas nesse período, mas é essencial que as roupas apropriadas sejam escolhidas!
 
Buenos Aires Ar Livre
 
Nossa sugestão é intercalar os passeios externos com visitas a lugares fechados, como museus, livrarias, shoppings ou cafés. Assim já é possível aproveitar a parada e aquecer o corpo com um chocolate quente ou um café e provar as deliciosas facturas, os doces feitos com massa doce que foram introduzidos na Argentina pelos imigrantes europeus.
 
Itens essenciais para sua viagem a Buenos Aires no inverno
 
Buenos Aires Inverno
 
Se a sua viagem será nos meses de maio ou setembro, considere levar pelo menos um de cada item essencial para o frio intenso. Porém, não esqueça de levar também roupas de meia estação, pois você poderá pegar uma onda de dias com temperaturas mais elevadas ou ainda dias bem frios durante a noite e manhã, mas quentes no período da tarde. No caso de viagens entre junho e agosto, quando o frio é mais intenso, invista em peças mais robustas para manter o corpo bem aquecido. Confira abaixo nossa lista com as peças que não podem faltar na sua bagagem.
 
– Blusa segunda pele térmica: a blusa segunda pele é o primeiro item em contato com a pele e é uma peça essencial para manter a temperatura corporal;
Fleece ou suéter de tricô:  invista também em uma segunda camada de roupa entre a segunda pele e o casaco, como um fleece térmico que ajuda a reter o calor corporal e expelir a umidade, ajudando a manter o corpo aquecido. Uma outra ótima opção para a segunda camada são os elegantes suéteres
Calça: a calça segunda pele só será necessária nos dias muito frios com passeios em área externa. Mas eu não deixaria de fora da minha mala! A calça que vem por cima da segunda pele não precisa ser impermeável, já que não neva na cidade e em caso de chuva você poderá se abrigar em algum estabelecimento próximo ou planejar seu roteiro para passeios em lugares fechados;
Casaco: assim como a calça, não é essencial um casaco impermeável. Para as atividades diárias, você precisará de um casaco robusto e quentinho como os com enchimento em material sintético ou em plumas. Se quiser uma outra opção mais elegante para eventos noturnos como espetáculos teatrais e shows de tango, opte por um casaco em lã batida que não haverá erro; 
Gorro, luva e cachecol: leve pelo menos 1 item de cada para proteger as extremidades e as áreas descobertas do corpo, como o pescoço. Gorroscachecóis não precisam ser desenvolvidos em materiais muito espessos e as luvas também não precisam ser impermeáveis; 
Calçado: opte por botas que aqueçam e sejam confortáveis, como as botas forradas em lã ou tecidos térmicos. Os tênis térmicos também são uma ótima opção para dias de muita caminhada, pois são extremamente leves e confortáveis.
 
Como aproveitar o inverno em Buenos Aires
 
Agora que você já sabe como se vestir para aproveitar os dias frios em Buenos Aires, vamos dar algumas sugestões de lugares imperdíveis em diferentes regiões da cidade.
 
Área Central
 
Casa Rosada Buenos Aires
 
Prepare-se para bater muita perna nesse dia de passeio pelo centro da cidade. Aqui você poderá intercalar os passeios ao ar livre com visitas a livrarias e cafeterias.
 
Puerto Madero: um dos bairros mais novos e valorizados de Buenos Aires, a revitalização da antiga área portuária foi iniciada em 1990. Caminhar pelo calçadão movimentado ao longo dos diques e depois parar em algum dos bares e restaurantes é uma atividade incrível. Não deixe de conhecer a Ponte das Mulheres, obra do espanhol Santiago Calatrava.
 
Casa Rosada: a sede da Presidência da República Argentina é uma parada obrigatória, mesmo se a visita for apenas para conhecer a área externa da Casa, que fica localizada na emblemática Praça de Maio. Visitas guiadas gratuitas acontecem todos os sábados, mas precisam ser agendadas com antecedência pelo site https://visitas.casarosada.gob.ar .
 
Café Tortoni: belíssima cafeteria inaugurada em 1858 e que virou atração turística na cidade. Há uma sala onde acontecem apresentações artísticas, como shows de tango (que também são uma atividade obrigatória na cidade!). Fica a apenas 10 minutos a pé da Casa Rosada.   
 
Obelisco: fica localizado no coração da cidade, na enorme avenida 9 de julho. Junto ao obelisco também fica o famoso letreiro com as inicias de Buenos Aires (B.A).
 
Teatro Colón: após reformas, o teatro atual foi inaugurado em 1908 e é considerado um dos cinco melhores teatros do mundo em relação à acústica.
 
San Telmo
 
Mercado de San Telmo: fundado em 1897, esse mercado é uma mistura de bancas de antiguidade, frutas e verduras, massas frescas, padarias e cafeterias, bares e restaurantes. O maior movimento é no final de semana, algumas bancas podem não funcionar durante os dias da semana. 
 
Feira de San Telmo: tradicional feira de antiguidades e artesanatos que acontece todos os domingos e feriados das 10h às 17h. Está localizada oficialmente na Praça Dorrego, mas se estende pela rua Defensa e em outras ruas próximas.
 
Palermo
 
Buenos Aires Jardim Japonês
 
Bosques de Palermo: Palermo é o maior bairro de Buenos Aires, por isso existem várias subdivisões dentro do próprio bairro. Palermo Botânico é uma extensa área verde com aproximadamente 400 hectares e que compreende o Jardim Botânico, El Rosedal e o Jardim Japonês.
 
Palermo Soho: o bairro mais descolado da cidade recebe esse nome pela sua similaridade com o bairro Soho de Nova Iorque e Londres, repleto de lojas, bares e restaurantes. Não deixe de visitar as pequenas ruas e becos do bairro, com grafites e arte para todos os lados. Para quem gosta de uma vida noturna agitada, esse também é o bairro certo.
 
La Boca
 
Rua Caminito: casas coloridas, esculturas e murais artísticos, muitas lojas de souvenires, artesanato e turistas. Repleto de história, o local abrigou muitos imigrantes italianos que com poucos recursos pintavam suas casas com sobras de tinta que conseguiam no porto.
 
Estádio La Bombonera: famoso estádio do Club Atlético Boca Juniors e que fica a apenas 6 minutos do Caminito.
 
​Recoleta
 
Buenos Aires El Ateneo
 
Cemitério da Recoleta: é estranho ter um cemitério como atração turística, mas acredite que vale a pena a visita. Inaugurado em 1822, esse cemitério é um museu a céu aberto, com grandes e luxuosas esculturas e túmulos. Aberto diariamente das 7h30 às 17h30.
 
Livraria El Ateneo: construída dentro de um antigo teatro e considerada a segunda livraria mais bonita do mundo.
 
Gostou das nossas dicas? Temos certeza que você aproveitará muito essa cidade incrível protegido(a) do frio! Ficou com alguma dúvida ou gostaria de mais dicas de passeio em Buenos Aires? Entre em contato conosco através dos comentários deste post.  

Dois gaúchos (Fábio e Patrícia) que amam viajar! Na aventura atual, eles embarcaram em um motorhome pelas Américas buscando novas experiências culturais e gastronômicas. Decidiram realizar o nosso sonho de viajar de carro por tempo indeterminado em uma jornada cheia de desafios.

Deixe o seu comentário, dúvida ou sugestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

voltar ao topo