Istambul

Turquia no Inverno: roteiro de 3 dias em Istambul

Istambul é a maior cidade da Turquia e uma das maiores do mundo. Tem como peculiaridade ser dividida por uma canal, o estreito de Bósforo, em metade europeia e metade asiática. Além disso, o seu lado europeu está cortado por um braço de mar, chamado de “Corno de Ouro”. É uma cidade belíssima, exótica, de palácios suntuosos e uma infinidade de mesquitas. Sem falar nos seus muitos bazares, sua comida deliciosa e na hospitalidade do povo turco.
         
Já estávamos planejando conhecer Istambul há muito tempo, mas o único mês em que teríamos disponibilidade para viajar seria o mês de novembro. Embora seja a época que mais chove, neste período o frio já começa a se intensificar, o que tornou nossa viagem ainda mais agrádavel. A partir de dezembro já faz bastante frio, os ponteiros dos termômetros podem indicar temperaturas abaixo de 0º C e pode nevar!
 
Já saímos do Brasil preparados para as baixas temperaturas. Com os produtos da Fiero, o frio não foi problema durante a viagem! A blusa térmica, o suétercachecol que compuseram meu look durante o passeio, me protegeram na medida certa. Outro acessório que gostaria de indicar, é um protetor de orelha, para variar um pouco e não insitir apenas nos gorros. Sempre que o frio aumentava, o casaco de lã nos deixava mais quentinhos!
 
Istambul Fiero
 
Mas o que é que Istambul tem que a faz tão especial? Abaixo falamos um pouco sobre os seus principais pontos turísticos, que podem ser visitados em três dias:
 
HIPÓDROMO DE CONSTANTINOPLA
 
Onde hoje está a praça Sultão Ahmet (Sultanahmet Meydani), no século III se encontrava o Hipódromo de Constantinopla. Até o século X, o local manteve sua importância como centro de reuniões políticas, entretenimentos e esportes da cidade. Do seu passado restaram apenas alguns vestígios, entre eles está o Obelisco Egípcio, que foi trazido do templo de Karnak a mando do imperador romano Teodósio no ano 390.
 
Hipódromo Istambul
 
MESQUITA AZUL
 
Uma das mais belas mesquitas de Istambul, a mesquita Sultanahmet, fica ao lado da praça de mesmo nome e é mais conhecida como Mesquita Azul. Isso se deve aos azulejos azuis que revestem as paredes do seu interior. Foi construída pelo sultão Ahmet I para ser a primeira mesquita imperial.
Como em toda mesquita, para ingressar no seu interior, é necessário tirar os sapatos e, no caso das mulheres, cobrir a cabeça com um xale. A entrada é gratuita, mas é necessário que os horários de oração, quando a mesquista é fechada para a visitação do público, sejam observados.
 
Mesquita Azul Istambul
 
CISTERNA YEREBATAN
 
É uma enorme estrutura subterrânea construída no século IV pelo imperador Justiniano I para evitar o desabastecimento de água da cidade em caso de cerco, também foi usada para abastecer o Grande Palácio. Possui uma área retangular de 140 metros de comprimento e 70 metros de largura, cobrindo uma área total de 9.800 m². É capaz de armazenar 80.000 metros cúbicos de água. No seu interior, encontram-se 336 colunas dispostas em 12 linhas com 28 colunas de 9 metros de altura cada, a maioria esculpida em vários tipos de mármore. A cisterna também é conhecida como Cisterna da Basílica, porque se encontra debaixo da Basílica de Stoa.
 
Cisterna Istambul
 
MUSEU HAGIA SOPHIA
 
Sem dúvidas um dos lugares mais visitados de Istambul. Seu nome significa Sagrada Sabedoria e começou a ser construída em 532 para ser a Catedral de Constantinopla, onde antes já existiram duas outras igrejas destruídas por terremotos e incêndios. Foi a maior catedral do mundo por quase mil anos mas, em 1453, a cidade foi conquistada pelo Império Otomano e a Basílica foi convertida em mesquita. Após a Primeira Guerra Mundial, o Império Otomano começou a decair e, em 1923, a Turquia foi proclamada república por Mustafa Kemal Ataturk, que iniciou uma série de reformas na educação, transportes e cultura, além de ordenar que a mesquita fosse transformada em museu.
 
Museu Hagia Istambul
 
PALÁCIO TOPKAPI
 
Não é um palácio no sentido tradicional, mas um complexo de construções, pavilhões, pátios e jardins. Foi construído entre 1460 e 1478 a mando do Sultão Mehmed II, o conquistador de Constantinopla, e foi ampliado e alterado muitas vezes ao longo da sua história. Além de ter sido o local de residência dos sultões otomanos até meados do século XIX, também funcionava como centro administrativo e educacional. Entre os locais mais visitados dentro do complexo, estão a sala do Tesouro e o Harém, onde é necessário pagar um ingresso adicional para entrar.
 
Palácio Istambul
 
GRAND BAZAR
 
É o maior, mais antigo e mais conhecido centro de compras da cidade. São aproximadamente 3600 lojas, distribuídas em 65 ruas, onde são vendidos desde tapetes e cerâmicas até jóias e especiarias, incluindo as inúmeras lojas de souvenires. Há também restaurantes e cafés, casas de câmbio, mesquitas e outros tipos de estabelecimentos. Os preços são atrativos, mas não se intimide em pechinchar e pedir descontos, pois o ato de negociar é uma tradição dos turcos. 
 
Grand Bazar Istambul
 
BAZAR DAS ESPECIARIAS
 
Também conhecido como Bazar Egípcio, é uma construção em forma de L e bem menor que o Grand Bazar, mas igualmente interessante para visitar. É o lugar ideal para comprar doces, frutos secos, chás, queijos e outros produtos típicos de Istambul. O comércio no seu entorno também é bastante movimentado, uma profusão de lojinhas e barracas que vendem de tudo.
 
Especiarias Istambul
 
TORRE DE GÁLATA
 
Outro ícone de Istambul! É uma torre cilíndrica de quase 70m de altura e de onde se tem uma vista 360º da cidade. Fica aberta até às 19 horas e muitas pessoas a procuram para assistir o pôr do sol lá de cima. Após esse horário, apenas o restaurante permanece aberto.
 
Torre de Gálata Istambul
 
PASSEIO DE BARCO PELO BÓSFORO
 
Quem vai a Istambul não deve perder a oportunidade de fazer um passeio de barco pelo Bósforo. É possível fazer esse passeio de forma independente, há várias embarcações que saem de diferentes terminais marítimos ao longo da costa. Nós embarcamos na estação Kabatas e o passeio durou cerca de duas horas.  Uma dica é optar por um audioguia à parte, assim é possível conhecer a história dos diversos monumentos e edifícios durante o passeio.
 
Passeio de Barco Istambul
 
Para quem tem mais tempo na cidade, recomendamos ainda:
  • O Palácio Dolmabahçe: O maior palácio da Turquia. Passou a ser a residência imperial no século XIX, substituindo o Palácio Topkapi.
  • Mesquita Ortaköy: Belíssima mesquita construída em estilo neobarroco, diferente de todas as demais.
  • Mesquita Suleymaniye: a enorme mesquita feita por ordem do Sultão Solimão I, O Magnífico, no topo da terceira colina sagrada. Sua silhueta domina o horizonte podendo ser vista de várias partes de Istambul.
  • Igreja de São Salvador em Chora: fica bem distante do perímetro turístico da cidade, mas vale a pena ser visitada pois ela é considerada um dos mais belos exemplos de igreja bizantina de Istambul.

Andréa Azevedo, é carioca, formada em Administração de Empresas, leonina e viajante incansável, adora compartilhar dicas e trocar experiências.

Deixe o seu comentário, dúvida ou sugestão.

2 comentários de “Turquia no Inverno: roteiro de 3 dias em Istambul”

  1. Oi boa tarde, tudo bem? Estou planejando viajar para Istambul em fevereiro e queria saber se vocês chegaram a contratar um guia local; nesse mês é muito frio mesmo? O audioguia do passeio pelo Bósforo está disponível em quais idiomas?

    Grata

    1. Olá, Camila! Tudo bem! E você?

      Istambul é uma cidade encantadora! Fevereiro é na metade do inverno e sim, costuma fazer muito frio por lá. Então, o uso de roupas adequadas é fundamental. A Fiero possui uma grande variedade de opções para baixas temperaturas. 

      Não contratamos serviço de guia, porque antes da viagem pesquisamos bastante sobre os lugares que queríamos conhecer e a maioria deles possuia áudio-guia em vários idiomas, inclusive inglês e espanhol, mas não havia em português.  No inverno, os passeios de barco pelo Bósforo acontecem apenas nos finais de semana, é um passeio barato e muito fácil de fazer por conta própria. A estação mais próxima ao centro de Istambul é a Eminonu, ao lado da ponte de Gálata. 

      Qualquer outra dúvida que tiver, vai ser um prazer se puder ajudar. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

voltar ao topo