Copenhague: onde a história é preservada e convive em harmonia com a modernidade

17 de fevereiro de 2017 - Por Portal de Inverno

Poucas cidades são tão especiais para se visitar no inverno como Copenhague, capital da Dinamarca. Mais que curtir o frio, que é uma atração à parte, quem escolhe este destino está mergulhando em uma das regiões mais bem conservadas de toda a Europa, a Escandinávia. Ela é formada, além da Dinamarca – que é considerada porta de entrada -, por Suécia e Noruega, nações economicamente desenvolvidas, onde o velho e o novo se misturam a todo o momento.

No passado, Copenhague era uma vila de pescadores, e hoje é a cidade mais populosa da Dinamarca, sendo que a região metropolitana da capital tem mais de 2 milhões de habitantes, enquanto o país dinamarquês tem mais de 5 milhões. O local é cheio de histórias, ligando a magnitude de uma capital que possui um dos padrões de vida mais altos a nível mundial com a imaginação dos contos e esplendor da arquitetura e paisagens da cidade. Constantemente considerada uma das melhores cidades para se viver, é ainda lembrada como um importante centro cultural e econômico da Europa. 

Um país de histórias

A Dinamarca é cenário de muitas histórias passadas por gerações, principalmente pelos apaixonados por contos mitológicos. É, também, o berço da civilização viking, povo conhecido pelo desbravamento dos mares e a contribuição para a formação de várias cidades. Embora a literatura também os caracterizem como selvagens e os representem como seres caricatos, desenvolveram de forma pacífica o comércio marítimo no Norte do velho continente.

Copenhague, uma cidade incrível

Copenhague é uma cidade incrível, que preserva como poucos a arquitetura constituída há vários séculos, além de manter museus e uma população hospitaleira e educada.

A mobilidade urbana também é outro diferencial! A cidade oferece sistema de transporte público, incluindo metrô, trem e ônibus. Além disso, a bicicleta convive de forma harmoniosa com outros meios de transporte, como carros. São mais de 12 mil quilômetros de ciclovias sinalizadas, o que se torna um verdadeiro convite aos turistas para conhecer cada detalhe da capital. Congestionamentos? Eles simplesmente não existem em Copenhague. Por essa e outras coisas, a cidade se tornou um ótimo local para viver. 

Onde nasceram os contos de fadas

Copenhague é conhecida como a cidade do conto de fadas por causa de seus cenários deslumbrantes, formados por castelos e pela obra literária do mundialmente conhecido Hans Christian Andersen, autor de obras como O Patinho Feio, A Pequena Sereia e A Caixinha de Surpresas. Mesmo preservando casas, prédios, ruas e outras estruturas por séculos, a modernidade também chegou a Copenhague. E isso pode ser observado desde o primeiro momento na cidade, onde está um dos maiores e mais confortáveis aeroportos de toda a Europa.

Perfeito para o frio – gastronomia e diversão

Copenhague culináriaPara os amantes do frio, o destino é mais do que certo. O inverno, em janeiro e fevereiro, é extremamente rigoroso, com picos de temperaturas negativas, sendo a média de 0ºC. É importante ressaltar que faz frio durante o ano todo, até mesmo no verão, quando as temperaturas podem chegar até 25ºC. Para quem quer aproveitar as temperaturas baixas, mas sem frio intenso, é mais indicado visitar a cidade no outono (entre setembro e outubro) ou na primavera (entre abril e maio). Com certeza, frio não irá faltar! Por isso, Copenhague é também uma ótima opção para viajar, para poder ainda renovar o guarda-roupa com vestuários da estação, especialmente casacos e calçados impermeáveis.

Mas é importante lembrar que o local não é um dos mais baratos para turismo, sendo uma cidade com preços mais altos do que outras capitais da Europa. Se você busca diversão para as noites geladas, as boates são excelentes pedidas. Os dinamarqueses também gostam de beber cerveja e bebidas destiladas. Snaps – semelhante à cachaça brasileira – é a iguaria perfeita para esquentar o corpo. 

A culinária também é especial e internacionalmente reconhecida. Em Copenhague, ou qualquer outro lugar do país, não deixe de comer o smorrebrod, que é um pedaço de pão integral preto recheado com carne ou peixe e salada. O pão preto é um alimento básico da Dinamarca, conhecido como rugbrød. Outros alimentos tradicionais são legumes e saladas, queijo, batatas, assados e outros.

Pontos turísticos obrigatórios em Copenhague

Castelo Rosenborg

Visitas obrigatórias são o canal Nyhavn, que é o principal cartão-postal da cidade, o Castelo Rosenborg, formado por incríveis jardins, e a estátua da Pequena Sereia – a original! Uma cidade onde a magia dos contos de fadas é preservada e convive em harmonia com a modernidade de um país desenvolvido deve ser visitada. Confira nosso post sobre dicas e atrações imperdíveis na cidade dos países nórdicos. A mágica de Copenhague, com certeza, irá te surpreender! 

Compartilhe com um amigo:

O especialista do frio indica...

Quando as temperaturas começam a baixar, nada melhor do que contar com a opinião, conselhos e dicas de quem entende muito sobre o frio. Não importa qual o assunto, aqui você encontrará o melhor conteúdo para que possa aproveitar todos os momentos do inverno e esclarecer as suas principais dúvidas sobre os dias frios. Quer sugestões sobre os melhores produtos para aquecer, dicas  para manter a saúde ou sobre o que levar na mala na sua próxima viagem de inverno? Confira alguns posts selecionados a dedo pelos nossos especialistas do frio para você!

Top