Tipos de lã: características, benefícios e finalidades de uso

1 de junho de 2021 - Por Portal de Inverno

O ser humano usa a lã há aproximadamente 8000 anos e cria animais para a produção deste material há ainda mais tempo. Mas, uma informação que muitos não sabem é que nem todos os tipos de lã são iguais já que a sua fibra maravilhosa vem de uma variedade de animais, cada uma com conjuntos únicos de características. 

Desde a Idade de Pedra, a lã natural é um dos meios mais eficientes de proteção climática utilizados pelo homem, e a lã sintética, apesar de também ser muito eficaz para garantir aquecimento nos dias frios, não possui todas as propriedades térmicas únicas e especiais encontradas na lã natural.

A lã é uma fibra que oferece uma camada protetora para certos animais. Está normalmente associada às ovelhas, mas pode ser encontrada em alguns outros mamíferos peludos também. Ela é capaz de proteger o animal do frio e do calor, sendo amplamente utilizada também pelos homens como cobertura protetora em roupas e outros itens.

Podemos encontrar na lã natural uma longa lista de benefícios. Uma das suas principais características são suas fibras naturalmente onduladas, que criam pequenas bolhas de ar quando as fibras são empilhadas umas sobre as outras. É isso que torna seus tecidos quentes, respiráveis e naturalmente elásticos. Além disso, é uma fonte de fibra sustentável, pois os animais renovam suas pelagens todos os anos.

Também é importante ressaltar que esse material é um isolante natural. As fibras absorvem a umidade do ar, liberando o vapor de água. Sendo assim, além de respirável, é um material multi-climático, o que significa que mantém o conforto térmico tanto no frio quanto em ambientes um pouco mais quentes.

Outras características interessantes da lã são a resistência a odores e à absorção de poeira. Os tipos de lã que possuem uma camada natural de lanolina também são um pouco repelentes à água e resistentes a manchas, além de possuírem propriedades elásticas e antibacterianas. Depois de tantas vantagens, você não pode deixar de conferir os principais tipos e de quais animais são retirados. Nos acompanhe nesta leitura e saiba mais!

Tipos de lã natural

Tipos de Lã Natural

Em casos de frios intensos e extremos, peças em materiais sintéticos aquecem menos quando comparadas com opções naturais. Isso acontece já que as suas propriedades, sobre as quais já conversamos acima, garantem mais equilíbrio e isolamento térmico, aliados a um toque super suave, confortável e mais elegante.

– Lã virgem: esse tipo de lã vem da primeira tosquia de uma ovelha, que acontece por volta dos sete meses. O resultado é uma lã extremamente lisa, macia e fina, com propriedades hipoalergênicas;

– Lã merino: oriundo das ovelhas merino, este material tem características que o tornam único. As fibras finas dessa lã oferecem um toque extremamente macio e um ótimo material para camadas de base e que têm contato direto com a pele, proporcionando uma ótima proteção térmica;

– Lã shetland: os ovinos shetland, originários das Ilhas Shetland, na Escócia, produzem este tipo de lã. É mais espessa e mais grossa do que outras, como o merino, já que é o resultado direto da camada protetora que os animais da região tiveram que desenvolver para que pudessem sobreviver ao clima frio da região;

– Lã angorá: aqui temos duas variedades, uma delas proveniente da cabra angorá e a outra do coelho angorá. A da cabra recebe o nome de mohair e é diferente de outras pelo fato de que o clima ameno no qual estes animais vivem proporciona um comprimento mais longo e mais suave para a fibra, resultando em um tecido mais felpudo. Já a do coelho é mais leve, fina, quente, macia e fofinha;

– Lã cashmere: retirada do subpelo da cabra de caxemira quando elas entram na estação da muda. Como esta lã é tosquiada a partir do subpelo, o rendimento por cabra é pequeno, o que torna necessária a tosquia de duas cabras para produzir um único suéter;

– Lã de camelo ou camel hair: produzida com os pelos dos camelos bactrianos e coletados na muda, durante a primavera. O pelo do camelo é oco e mais longo e fino do que o de ovelha, por isso o resultado é uma fibra mais leve e brilhante e quase tão macia quanto a caxemira. Embora o pelo de camelo aceite bem a tintura, costuma ser mantido em sua cor natural, um marrom claro e dourado;

– Lã qiviut: este produto provém do subpelo do boi-almiscarado que vive nas regiões árticas do Canadá e Alasca. Durante a temporada de muda do boi muskox, seu nome original, os criadores coletam a lã penteando o animal ou recolhendo-a do solo. Qiviut é mais fina do que lã de ovelha, mais macia, mais forte e é até 8 vezes mais quente;

– Fibra de alpaca: as alpacas são nativas da América do Sul e produzem fibras leves e quentes, tão macias quanto a caxemira, mas um pouco mais fortes. Os fios de alpaca também são naturalmente hipoalergênicos, o que o torna um material adequado para pessoas com pele super sensível;

– Lã de vicunha: a fibra mais rara do mundo é recolhida do animal parente da alpaca e da lhama, originário dos Andes. A vicunha era sagrada para os antigos incas, que valorizavam o material pela sua maciez e calor e a reservavam para a realeza. Estamos falando de um material mais fino que a caxemira e extremamente quente. O seu longo e rigoroso processo de produção a tornam a mais cara e rara do mundo.

Nós trouxemos para você os principais tipos de lã e de onde elas vêm. Embora todas estas opções de lã proporcionem muito aquecimento, algumas delas são muito raras e caras, sendo pouco acessíveis ao público em geral. A lã natural de carneiro é a mais conhecida das lãs naturais, e uma excelente opção para a forração de calçados. Este material é sinônimo de elegância, sendo matéria-prima de produtos bonitos e sofisticados, ideais para compor looks de inverno incríveis, adequados para as mais diversas ocasiões.

A lã sintética também tem suas vantagens. Ela oferece excelente proteção contra o frio e não requer cuidados especiais de manutenção, o preço é mais acessível e é uma opção mais sustentável e adequada para quem busca produtos que não tenham produtos de origem animal em sua composição!

Se você se interessou pelas informações deste post e quiser saber mais sobre os materiais que mais protegem seu corpo nos dias frios, preparamos outro post sobre os tecidos que mais aquecem no frio.

Gostou deste conteúdo? Esperamos que sim! Tem alguma dúvida sobre o assunto ou quer contribuir com alguma informação interessante sobre o assunto? Não esqueça de deixar o seu comentário no post!!

Compartilhe com um amigo:

O especialista do frio indica...

Quando as temperaturas começam a baixar, nada melhor do que contar com a opinião, conselhos e dicas de quem entende muito sobre o frio. Não importa qual o assunto, aqui você encontrará o melhor conteúdo para que possa aproveitar todos os momentos do inverno e esclarecer as suas principais dúvidas sobre os dias frios. Quer sugestões sobre os melhores produtos para aquecer, dicas  para manter a saúde ou sobre o que levar na mala na sua próxima viagem de inverno? Confira alguns posts selecionados a dedo pelos nossos especialistas do frio para você!

Top