Trekking Big Ice

Trekking Big Ice: frio, gelo e aventura em El Calafate

Assim que optamos por curtir o final do inverno em El Calafate, na Argentina, eu já tinha uma certeza: um dos passeios que incluiríamos no nosso roteiro seria o Trekking Big Ice, que é feito sobre o famoso Glaciar Perito Moreno. Então, para não deixar para a última hora e correr o risco de não conseguir, já que só tínhamos apenas 4 dias em El Calafate, reservei tudo com antecedência com a agência de turismo que tínhamos contratado para esta viagem. 

Big Ice El Calafate

O passeio começa super cedo, as agências costumam chegar no hotel entre 07h e 07h30 para o embarque dos turistas. Para chegar no Big Ice, é necessário atravessar o Lago Argentino, esta travessia dura em torno de uns 20 minutos. Assim que o barco sai, as portas são abertas para todos irem para a parte superior aproveitarem as paisagens incríveis e para tirar fotos, muitas fotos. Claro que o vento é muito forte e bem gelado, o que costuma assustar até os mais resistentes ao frio e ninguém aguenta ficar o tempo todo lá no alto. É preciso ser rápido, tirar as fotos e descer logo em seguida para não congelar.

Big Ice Barcos

Como o passeio costuma durar o dia inteiro, é necessário levar algo pra comer e beber. De qualquer forma, não é preciso ficar muito preocupado caso esqueça, pois o próprio Parque Nacional tem uma lanchonete com diversas opções de lanches, como sanduíches e biscoitos.

Para fazer o Trekking  Big Ice é preciso que você tenha entre 18 e 50 anos, a duração da caminhada no gelo é de 3 horas e meia e o grau de dificuldade é alto. O passeio é oferecido aos turistas entre os meses de setembro e início de abril, o tour inicia com 30 minutos de passeio pelas passarelas, posteriormente é feita a navegação de 20 minutos pelo Lago Argentino até chegar na geleira. Todo o passeio, contando com ida e volta, dura aproximadamente 7 horas.

Big Ice Passarelas

Antes de chegar no Big Ice, fizemos uma caminhada até o mirante na beira do lago, onde pudemos visualizá-lo antes de iniciarmos o trekking. Depois fomos levados para um galpão onde foram postos grampões sob os nossos calçados para garantir tração nas duas pernas e, desta forma, mais segurança durante a caminhada no gelo. Escolhemos a bota impermeável All Winter Terrain da Fiero por ser resistente às baixas temperaturas e agentes externos, como vento e umidade. Foi a melhor escolha que fizemos para este passeio, o acessório instalado nos pés para a caminhada ficou super confortável e muito bem adaptado ao calçado.

Big Ice Grampões

Os guias do passeio nos ensinaram como caminhar com os grampões nos pés. É parecido com andar de patins, primeiro um pé e depois o outro, com a diferença de que, ao invés de rodinhas, são garras afiadas que entram no gelo e impedem que você leve tombos ou escorregue. Fomos andando em filas, devagar, subindo pouco a pouco. Não preciso dizer o quanto os cenários do local impressionam pelo tamanho e beleza, era como se andássemos entre montanhas de gelo.

Big Ice Fila

Durante o percurso, você pode observar fendas azuladas que aparecem em vários lugares. Elas são profundas, podendo chegar a 50 metros de profundidade, tanto que os guias tomam muito cuidado para que as fotos só sejam feitas de longe para que não ocorra nenhum acidente. Eles também nos levaram a vários lugares estratégicos e lindos para tirarmos fotos e, ao final do passeio, serviram chocolates e uísque com gelo retirado ali mesmo do Glaciar.

Na volta passamos pela passarela onde são feitas as fotos clássicas que vemos do Big Ice, ali ficamos por aproximadamente 1 hora. Da passarela foi possível ter uma ideia do tamanho da geleira e pudemos ouvir o barulho do gelo se desprendendo e caindo no lago. Foi uma experiência única e inesquecível!

Cansativo? Sim, bastante! Mas, faríamos novamente sem dúvidas. E a parte mais difícil é se despedir de R$ 1600 por pessoa! De qualquer forma, vá preparando o bolso para curtir esta aventura porque vale muito a pena. 

Esperamos que tenha curtido nossa aventura gelada em El Calafate. Se ficou com alguma dúvida e se quiser saber mais detalhes a respeito do passeio, entre em contato conosco através dos comentários, ok? Será ótimo poder ajudar a organizar a sua viagem! 

Apaixonados por viagens e gastronomia, Priscila e Guilherme viajam pelo mundo em busca de novas experiências e destinos.

Deixe o seu comentário, dúvida ou sugestão.

2 comentários de “Trekking Big Ice: frio, gelo e aventura em El Calafate”

  1. Oie, adorei o relato. Vi que vc usou a not da Fiero. Vc usou ela par fazer trekking também ou só para o gelo? Vi que eles cobram uma taxa adicional pelo ossário nas passarelas. Vale a pena?

    obrigada!

    1. Boa tarde! Agradecemos pelo seu contato. Sim, usei a bota para tudo, não só para o trekking como também para andar no gelo, para fazer city tour pela cidade. Ela é muito confortável e muito quentinha. Como estava muito frio, aproveitei para usar todos os dias. Em Buenos Aires já não estava tão frio e usei também para andar pela cidade, ela combina com tudo. Em relação ao valor cobrado pelo tour na passarela, eu fiz tudo em um só dia, então já estava incluso no valor pago. Compensa muito pagar esse valor porque você tem uma vista privilegiada do lugar. Espero ter ajudado 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

voltar ao topo